Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
8

Capital do calçado recebe poesia à mesa todos os anos

No circuito do turismo industrial poderá assistir ao que faz rodar as engrenagens do motor de São João da Madeira.
Patrícia Lima Leitão 14 de Março de 2018 às 19:49
Parque urbano do Rio Ul tem vários percursos para fazer a pé ou de bicicleta
No jardim municipal realizam-se grandes eventos
Torre da Oliva acolhe os turistas no circuito
Arquivo histórico da cidade está situado na cave dos Paços da Cultura
Talha dourada ornamenta espaços da Igreja Matriz
Museu da Chapelaria nasceu de uma antiga fábrica de chapéus
Igreja matriz foi construída em 1884
Parque urbano do Rio Ul tem vários percursos para fazer a pé ou de bicicleta
No jardim municipal realizam-se grandes eventos
Torre da Oliva acolhe os turistas no circuito
Arquivo histórico da cidade está situado na cave dos Paços da Cultura
Talha dourada ornamenta espaços da Igreja Matriz
Museu da Chapelaria nasceu de uma antiga fábrica de chapéus
Igreja matriz foi construída em 1884
Parque urbano do Rio Ul tem vários percursos para fazer a pé ou de bicicleta
No jardim municipal realizam-se grandes eventos
Torre da Oliva acolhe os turistas no circuito
Arquivo histórico da cidade está situado na cave dos Paços da Cultura
Talha dourada ornamenta espaços da Igreja Matriz
Museu da Chapelaria nasceu de uma antiga fábrica de chapéus
Igreja matriz foi construída em 1884
Nem só de chapéus e calçado vive são joão da madeira, apesar de serem estes os grandes impulsionadores da cidade. Que o digam a poesia, a arte e a criatividade, que deixam a descoberto as histórias de quem por lá fez e ainda faz vida.

Comece a viagem pelo que faz rodar as engrenagens do motor de São João da Madeira, o Circuito do Turismo Industrial. As portas de nove empresas, quatro instituições e três museus estão abertas para que lhes possa conhecer os bastidores. Poderá assistir à laboração das empresas ou reviver atividades de outros tempos. Foi em inícios do século XX que a então vila começou a afirmar-se como um polo incontornável do mapa empresarial português. De uma antiga fábrica de chapéus nasceu o Museu da Chapelaria (um dos pontos do Circuito).

Recue no tempo até uma época em que ninguém saía à rua sem chapéu, numa homenagem aos homens e mulheres que fizeram da indústria chapeleira uma marca do concelho. De lá saíram chapéus para muitos filmes de Hollywood. Na recuperada Torre da Oliva, onde funcionava uma fábrica de máquinas de costura, há um centro de acolhimento aos turistas, que faz a gestão e a organização das visitas. A partir daí poderá passear pelos espaços onde se produz o calçado que é ainda hoje em dia exportado para todo o Mundo. O Museu do Calçado aderiu ao Circuito. Não estranhará, depois da visita, quando lhe disserem que São João da Madeira é a Capital do Calçado, com o lema ‘Labor - Cidade do Trabalho’.

Todos os anos, desde 2003, há ‘Poesia à Mesa’. Durante uma semana, as ruas, escolas, bares, restaurantes e bibliotecas são atestadas de poesia, uma iniciativa da câmara municipal em conjunto com associações, para fomentar o gosto pela leitura entre miúdos e graúdos. A Casa da Criatividade, que foi construída a partir de um antigo cinema, desenvolve e apresenta espetáculos nas áreas do teatro, dança e música, apostando também no desenvolvimento e apoio a jovens artistas.

Na cave dos Paços da Cultura irá encontrar o arquivo histórico, onde estão disponíveis ao público documentos relevantes para a cidade. Se já estiver cansado, passe pelo jardim municipal ou pelo Parque Urbano do Rio Ul e não se esqueça de contemplar a Igreja Matriz. São João da Madeira foi elevada a cidade em 1984.

Romance ‘Unhas Negras’ imortaliza dias de trabalho    
João da Silva Correia escreveu o romance ‘Unhas Negras’, que imortalizou a imagem do operário de chapelaria do início do século XX, que trabalhava em caldeiras de vapores e ficava com as unhas deterioradas e tingidas de preto. 
são joão da madeira Museu do Calçado Circuito do Turismo Industrial Calçado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)