Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
3

Dormir num convento é recuar na História

Sugestões para adormecer ‘abençoado’ num hotel-museu.
Luísa Jeremias 22 de Junho de 2019 às 18:00
Convento do Espinheiro, em Évora
Convento do Espinheiro, em Évora
Convento do Espinheiro, em Évora
Pousada Mosteiro do Crato
Convento do Seixo no Fundão
Convento do Espinheiro, em Évora
Convento do Espinheiro, em Évora
Convento do Espinheiro, em Évora
Pousada Mosteiro do Crato
Convento do Seixo no Fundão
Convento do Espinheiro, em Évora
Convento do Espinheiro, em Évora
Convento do Espinheiro, em Évora
Pousada Mosteiro do Crato
Convento do Seixo no Fundão
Qual é o segredo de um sono abençoado? Sim, é a cama. Com tudo o que isso implica: as almofadas, o colchão e o sobrecolchão, o edredão... numa palavra: conforto.

Agora imagine esse sono maravilhoso, dos deuses, num cenário de claustros, de convento do séc. XV, com o horizonte da planície alentejana. Sim, existe. Seja bem-vindo ao Convento do Espinheiro, (às portas de) Évora, um hotel construído na própria História de Portugal e que, por todas as razões que imaginar, vale a pena experimentar - e não é só pelo sono.

O convento avista-se de longe, mais não fosse pela sua capela/igreja onde descansa a imagem de Nossa Senhora do Espinheiro. Um monumento magnífico, totalmente recuperado e aberto ao público. A coisa melhora se entrarmos claustros adentro e descobrirmos o local que foi poiso de reis como D. Manuel ou D. João III.

Além dos quartos na ala antiga, o convento estendeu-se arquitetonicamente e aumentou a oferta. Há para todos os gostos, até design, num mix entre o passado e o contemporâneo - mas com bom gosto. O prazer não é total se não degustarmos os vinhos e os manjares do restaurante Divinus (no claustro). Abençoado!

Convento do Espinheiro
7005-839, Évora; conventoespinheiro.com  

Isto não é um castelo mas podia ainda ser...
Não, não há neve, nem cenários de apocalipse medieval fantástico. Não estamos numa série da HBO. Mas se na Pousada do Convento do Crato sonhar que se cruzou com um cavaleiro da Idade Média, na sua armadura de ferro, da Ordem dos Templário, não estranhe. Eles andaram por lá.

Incluída nas Pousadas de Portugal, o Mosteiro do Crato transformado em hotel mantém a frieza do granito que se descobre nas paredes do castelo. Há camas de dossel, há ruínas, há claustro e há, sobretudo, aquele sentimento de que fazemos parte de um filme. Pode não ser o hotel/convento mais confortável do planeta, mas é um must nas rotas históricas de Portugal.

Pousada Mosteiro do Crato
Mosteiro Flor da Rosa, Crato

No tempo das cerejas no fresco do claustro
Em tempos foi um convento escondido no vale da serra da Gardunha, zona fresca e com muita água na aridez da Beira. Hoje, o ambiente requintou. As águas fazem as delícias de quem opta por este hotel- -boutique que apostou num spa ao qual apetece voltar.

Há mais mimos no Convento do Seixo, no Fundão. Um deles, imperdível nesta época do ano, chama-se cerejas. O chef Hugo Nasci (sim, vai reconhecê-lo da televisão) até um cocktail com cerejas preparou para os seus hóspedes. A verdade é que, das três propostas, este é o hotel que introduz mais notas de contemporaneidade no espaço. A harmonia é conseguida e a visita recomendada.

Convento do Seixo
Quinta do Convento, Fundão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)