Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
7

O infame luxo do 1908 Lisboa Hotel

Há um novo espaço icónico que revoluciona o Largo do Intendente.
Daniela Espírito Santo 13 de Março de 2017 às 09:00
O 1908 Lisboa Hotel surge num edifício arte nova, totalmente renovado, mas que respeitou a arquitetura original
O Intendente tem um novo hotel, nascido num edifício arte nova reabilitado e onde o minimalismo e a irreverência se encontram
O antigo e o moderno encontram-se nos espaços do 1908 Lisboa Hotel, reabilitado e decorado a preceito
Os quartos cultivam um ambiente minimalista e acolhedor
Os elementos da natureza estão em destaque nas escolhas de decoração do hotel
O hotel privilegia produtos e marcas portuguesas
O 1908 Lisboa Hotel surge num edifício arte nova, totalmente renovado, mas que respeitou a arquitetura original
O Intendente tem um novo hotel, nascido num edifício arte nova reabilitado e onde o minimalismo e a irreverência se encontram
O antigo e o moderno encontram-se nos espaços do 1908 Lisboa Hotel, reabilitado e decorado a preceito
Os quartos cultivam um ambiente minimalista e acolhedor
Os elementos da natureza estão em destaque nas escolhas de decoração do hotel
O hotel privilegia produtos e marcas portuguesas
O 1908 Lisboa Hotel surge num edifício arte nova, totalmente renovado, mas que respeitou a arquitetura original
O Intendente tem um novo hotel, nascido num edifício arte nova reabilitado e onde o minimalismo e a irreverência se encontram
O antigo e o moderno encontram-se nos espaços do 1908 Lisboa Hotel, reabilitado e decorado a preceito
Os quartos cultivam um ambiente minimalista e acolhedor
Os elementos da natureza estão em destaque nas escolhas de decoração do hotel
O hotel privilegia produtos e marcas portuguesas

O Largo do Intendente passou, nos últimos anos, de espaço menos recomendável a zona trendy da cidade de Lisboa. 

Por lá refugiam-se artistas e surgem espaços novos e diferentes, sem medo de inovar e arrojar. 

O novo 1908 Lisboa Hotel é uma excelente prova disso. Nascido num edifício Arte Nova - que foi prémio Valmor no século passado -, respeita o seu passado mas fica de olhos postos no futuro: o edifício foi totalmente recuperado e as paredes foram sendo povoadas por diversos artistas plásticos nacionais, como Bordalo II, SuperVan, David Oliveira ou os Irmãos Marques. 

Sobre a sigla da natureza - que contrasta com o ambiente industrial da estrutura metálica do edifício -, o desejo minimalista cruza-se com os elementos e há cavalos marinhos esculpidos na pedra, pavões pintados em azulejos, borboletas de ferro e até tochas voadoras. 

Os 36 quartos ora têm vista para o Intendente, ora para a Almirante Reis, e até há quartos independentes no sótão para realização de eventos e festas. 

Pelo caminho, também há o Infame, restaurante que pisca o olho à 'fama' da zona e se inspira nos paladares orientais típicos desta zona lisboeta, misturando-os com o melhor da gastronomia portuguesa. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)