Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
1

Paisagem de Lugano apela ao descanso e às atividades de lazer

Picos dos montes são alcançados de funicular ou através de trilhos. A vista compensa o esforço.
Patrícia Lima Leitão 5 de Junho de 2019 às 18:48
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Lugano, na Suíça
Cercada por montanhas, a cidade de Lugano é embelezada pelo lago com o mesmo nome, um dos principais da Suíça.

A paisagem desperta um toque bucólico que apela ao descanso e à prática de atividades de lazer. Sobranceiro a este lago, na fronteira entre a Suíça e a Itália encontra-se o Monte San Salvatore, com um pico de 912 metros.

A vista pode ser contemplada depois de uma subida através de um funicular, numa viagem que demora meia hora. O Monte Bré é outra das atrações, considerado o mais ensolarado do país.

O acesso ao topo pode ser feito percorrendo os trilhos pela natureza. A cultura e a música fundem-se na cidade e fazem-se sentir no Festival Jazz de Lugano, que este ano decorre de 4 a 6 de julho.

Centro empresarial é também destino de férias
A cidade da região de ticino identifica-se como o mais importante centro financeiro, de negócios e de conferências da Suíça, albergando diversas organizações internacionais.

Este cenário empresarial contrasta com o aspeto dos parques e jardins, que ‘oferecem’ flores como camélias, magnólias e inúmeras espécies de plantas tropicais. Os Jardins do Belvedere são apenas um exemplo das dezenas que existem a par dos parques, que transformam Lugano num popular destino de férias, principalmente no verão.

O centro histórico da cidade é fechado ao trânsito automóvel, o que permite uma livre circulação dos peões.

Arquitetura e arte moderna ao longo de todo o ano  
As áreas da arquitetura e da arte estão aqui bem desenvolvidas. O LAC (Lugano Arte e Cultura) é uma plataforma de arte contemporânea. Oferece aos visitantes 2500 metros quadrados preenchidos por arte do ano de 1850 até à atualidade, um moderno teatro e uma sala de concertos com capacidade para mil pessoas.

Os amantes de arte podem visitar o Museo Cantonale d’Arte, onde se encontram quadros de artistas como Klee, Jawlensky ou Renoir, entre outros nomes prestigiados.

FICHA DE VIAGEM
Como ir
Para quem viaja de Zurique, Suíça, a melhor opção é o comboio, uma viagem de cerca de duas horas. Alugar carro é uma alternativa.

Onde ficar
O hotel The View Lugano fica a apenas cinco minutos do lago Lugano e a cinco minutos do centro da cidade. Todos os quartos dispõem de uma vista privilegiada para o lago.

ONDE COMER E O QUE FAZER
Passeios de barco
Cruzeiros e passeios mais curtos de barco são das melhores formas para explorar a região, com outras vistas sobre a paisagem.

São Lourenço
A catedral católica romana de São Lourenço foi fundada na Idade Média e reconstruída no século XV. Fica ao lado da estação de comboios.

Torta de pão
A tradicional torta de pão, o doce mais típico da região, pode ser encontrada em muitos espaços comerciais da cidade de Lugano.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)