Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
8

Pilatus: A montanha do dragão onde existem duas lendas

O monte de onde é possível observar 73 picos dos Alpes é uma aventura com história e tradição.
João Carlos Rodrigues 5 de Abril de 2017 às 10:30
Lucerna
Centro histórico de Lucerna oferece tranquilidade, cultura e história num cenário único
Vista do monte Pilatus e do Lago Lucerna
Ascensão pode ser feita de teleférico ou comboio de cremalheira
Lucerna
Centro histórico de Lucerna oferece tranquilidade, cultura e história num cenário único
Vista do monte Pilatus e do Lago Lucerna
Ascensão pode ser feita de teleférico ou comboio de cremalheira
Lucerna
Centro histórico de Lucerna oferece tranquilidade, cultura e história num cenário único
Vista do monte Pilatus e do Lago Lucerna
Ascensão pode ser feita de teleférico ou comboio de cremalheira
Visitar Lucerna e não subir ao Pilatus é pior do que ir a Roma e não ver o papa. A cidade respira história, tradição e cultura, mas é o cume, a 2132 metros, que mais atrai.

Reza a lenda que a montanha nasceu em 1420, quando uma pedra de dragão caiu dos céus. Outra lenda conta que, no sopé, o lago homónimo guarda os restos mortais de Pôncio Pilatos, o governador romano conhecido por lavar as mãos quando teve de decidir o futuro de Jesus Cristo.

Para quem visita, o que fica na memória são as vistas deslumbrantes e a experiência de viver uma montanha que até há pouco tempo era inacessível.

Suba de teleférico, desça no comboio de cremalheira e relaxe no regresso a Lucerna num minicruzeiro.


O Lago dos 4 Cantões onde a Suíça nasceu como nação
O Lago dos Quatro Cantões (também conhecido por Lago Lucerna) estende-se ao longo de 38 quilómetros. Fica a 433 metros de altitude, está rodeado de picos com mais de dois mil metros e o nível da água é mantido tal como há 500 anos: através de uma barragem de paus. Mas é na pradaria de Rütli, no lado sul do lago, que fica o local onde se concretizou a fundação da Confederação Suíça. As margens podem ser percorridas de carro ou bicicleta e existem dezenas de locais onde pode fazer uma pausa e observar a paisagem deslumbrante. 


O comboio dos céus
Tem 130 anos de existência e é o comboio que sobe o declive mais acentuado do Mundo: 48% de inclinação. A PilatusBahn é uma via férrea de cremalheira que leva os passageiros até aos 2120 metros de altitude no monte Pilatus. Esta espetacular linha de via estreita - 800 mm - tem ‘apenas’ 4,6 km de comprimento, mas passa por sete túneis e nada menos do que 23 pontes (e por isso está classificada como um ‘marco da engenharia mecânica’). Atualmente é usada por mais de 300 mil pessoas todos os anos e integra o percurso turístico do monte Pilatus. A descida faz-se em 35 minutos, mas é uma viagem incomparável que vai querer repetir. 
pilatus montanha dragão lendas Alpes Lucerna
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)