Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
4

Beber vinho na gravidez: Sim ou não? A opinião de uma médica

A opinião de Irina Ramilo, ginecologista e obstetra no Hospital Lusíadas Lisboa, sobre um dos temas mais delicados da gravidez: álcool.
Máxima 2 de Novembro de 2022 às 14:45
Gravidez
Gravidez FOTO: Getty Images
Debatido nos fóruns de grávidas, segredado entre amigas que estão para ser mães ou já foram, discutido em família. O tema do álcool na gravidez divide opiniões, como de resto quase tudo o que diz respeito à gestação. "Sabe-se que a comunidade desvaloriza o consumo leve de álcool e que cerca de 20-30% das grávidas consumem álcool na gravidez", começa por dizer Irina Ramilo, ginecologista-obstetra no Hospital Lusíadas, em Lisboa, que está lado dos que aconselham a não consumir qualquer tipo de álcool, por achar que "não há um nível de consumo de álcool que possa ser considerado seguro".

Leia na Máxima.
Irina Ramilo Hospital Lusíadas Lisboa questões sociais saúde
Ver comentários
C-Studio