Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
3

Atravessar o Algarve de nascente a poente por serras e trilhos

Percurso com grau de dificuldade elevado era percorrido nas peregrinações.
Mário Figueiredo 7 de Novembro de 2018 às 20:33
Algarve
Via algarviana
Algarve
Via algarviana
Algarve
Via algarviana
A algarviana ultra trail disputa-se de 29 de novembro a 2 de dezembro e atravessa Portugal de nascente a poente, no Algarve, numa extensão de 300 quilómetros. Pode ser feita por etapas, o tempo limite é de 72 horas num percurso repleto de desafios.

São 300 km de beleza e tranquilidade, mas também de muita dificuldade. Um verdadeiro sobe e desce pelas serras do Caldeirão, Espinhaço de Cão e Monchique. São quase 700 metros de desnível positivo. O percurso não é novo. Era utilizado nas peregrinações a São Vicente (Sagres) e hoje é conhecido por Via Algarviana. Liga Alcoutim ao cabo de São Vicente pela serra algarvia e o itinerário atravessa onze concelhos e 21 freguesias.

É uma prova exclusiva, quer pelas dificuldades e treino regular a que obriga, quer pelo limite estabelecido de 100 participantes. "Uma prova de atletas para atletas que aposta na proximidade. Gostamos de tratar os atletas pelo nome. Não se trata de uma corrida, mas de uma viagem", como refere Germano Magalhães, da organização.

A Associação Almargem vai organizar caminhadas no sentido inverso ao dos participantes, alargando a possibilidade a todos de desfrutar da Via Algarviana, mas também permitir aos atletas um apoio constante ao longo dos 300 km do percurso.

Aliás, um trajeto que passa por uma região marcada pelos incêndios deste verão, em particular na serra de Monchique, onde estão previstas ações de sensibilização e de reflorestação.

Na primeira edição, no ano passado, estiveram presentes 60 atletas. Os 300 km podem ser feitos também por estafetas de dois, três ou quatro elementos. E apesar do tempo limite estabelecido pela organização ser de 72 horas, a verdade é que o vencedor João Oliveira (Chaves Run Team) completou o percurso em apenas 43 horas. As estafetas são uma boa solução para quem não está preparado para esta distância.

Bons treinos! 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)