Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
8

Exercícios diários de flexibilidade promovem o bem-estar

Práticas devem ser realizadas três vezes ao dia. Cada exercício tem, em média, uma duração entre 15 e 20 segundos.
Francisca Genésio e Daniela Ventura 9 de Abril de 2019 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Exercícios diários de flexibilidade promovem o bem-estar
Iniciar o dia a espreguiçar-se é, para muitos portugueses, um ritual insubstituível. A atividade é apoiada e até incentivada pela maioria dos especialistas, já que promove a sensação de bem-estar. "A atividade de espreguiçar é a forma mais natural de alongar os tecidos.

A verdade é que as pessoas intuitivamente fazem isto pela manhã", esclarece ao Correio da Manhã Sandro Freitas, fundador da Gnosies e professor na Faculdade de Motricidade Humana, em Lisboa.

Exercitar o esqueleto pelo menos três vezes ao dia, através de alongamentos, é o conselho do fisiologista de exercício.

A atividade traz muitos benefícios ao corpo. Por outro lado, deixar os alongamentos de lado pode provocar não só má postura, mas também perda de flexibilidade, assim como de mobilidade ou até problemas mais sérios. "Sabemos que hoje em dia um grande problema que conduz à morte é a perda muscular.

O alongamento, que não gasta muita energia, atenua ou até previne, em alguns casos, a perda muscular, sobretudo em idades avançadas", explica Sandro Freitas.

De acordo com o especialista, os exercícios a realizar variam consoante as necessidades e a flexibilidade de cada pessoa. Existem alguns, no entanto, que tendem a beneficiar a maioria da população. Para os fazer não é preciso muito tempo. "Os exercícios devem ser realizados entre 15 e 20 segundos pelo menos três vezes ao dia", explica o professor e investigador, salientando que "é muito importante que as pessoas ganhem a rotina de alongar".

Um bom conjunto de exercícios de alongamento, que inclua os grandes grupos musculares, traduz-se numa melhoria significativa da qualidade de vida. Uma função muscular aumentada, maior circulação sanguínea e redução de dores e rigidez muscular e articular são alguns dos benefícios.

Os alongamentos são ainda essenciais antes de realizar qualquer desporto de maior gasto energético, já que ajudam a prevenir lesões. Devem também ser realizados após a atividade física porque diminuem a tensão muscular.

Sandro Freitas, Fac. Motricidade Humana
CM – O que é exatamente a flexibilidade?
Sandro Freitas Para as pessoas conseguirem mobilizar os segmentos corporais é preciso flexibilidade nas articulações. A flexibilidade resulta da relação entre dois ossos, que estabelecem um ângulo entre si. Depois, há pessoas que conseguem fazer o ângulo com maior amplitude, outras com menor. Este ângulo representa a flexibilidade.

–A flexibilidade está dependente de que fatores?
Está dependente de fatores de natureza estrutural, como por exemplo as características do músculo e dos nervos ou até neural. A flexibilidade tem um limite que são 360 graus. De uma forma genérica, a flexibilidade não é boa nem em excesso nem em défice. As pessoas têm de ter um nível de flexibilidade suficiente para executar movimentos isentos de dor.

- Como é que se mede a flexibilidade?
- A flexibilidade pode ser avaliada de forma qualitativa e/ou quantitativa. O ‘último grito da moda’ está na maioria dos bolsos das pessoas: através de aplicações nos telemóveis. Depois existem testes goniométricos. De uma forma qualitativa, posso perguntar se a pessoa toca com as mãos no chão.

Marta Viveiros: "Faço aulas de grupo e alongamentos"
Marta Viveiros, apresentadora da CMTV, garante que faz exercício físico quase todos os dias e que é muito ativa. "Tenho acompanhamento de um personal trainer no ginásio, o que acho fundamental. Faço aulas de grupo, pratico artes marciais, mais precisamente MMA e body pump, que ajuda a tonificar porque tem muitos agachamentos", afirma. Para aumentar a flexibilidade, a jovem aconselha a que se façam alongamentos.

"Não é fácil mas depois os nossos músculos queixam-se menos" e, para melhorar a postura, aulas de pilates. A aliar ao exercício, Marta também recorre a massagens o ano inteiro para ajudar a manter a forma física. No entanto, admite que o que considera mais importante para manter os resultados é a alimentação: "É a base de tudo. E beber muita água."

PORMENORES
Aumentar a flexibilidade
Os alongamentos são exercícios que potenciam o aumento da flexibilidade dos tecidos, que se traduz numa maior amplitude de movimento de uma determinada articulação. Quer isto dizer que, quanto mais alongado for um músculo, maior será a movimentação da articulação.

Respiração é fundamental
A respiração é um elemento fundamental no alongamento já que promove o relaxamento muscular. A respiração deve ser lenta e profunda.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)