Correio da Manhã

Aprenda a transformar os ouriços-do-mar numa iguaria
Foto Pedro Catarino
Mexido de ouriço com algas
Por Sónia Trigueirão | 10:00
  • Partilhe
Produto ainda pouco utilizado na gastronomia portuguesa, mas que até tem direito a um festival na vila da Ericeira.

Dotado de carapaça e protegido por espinhos longos, o ouriço-do-mar é uma iguaria ainda pouco utilizada na gastronomia portuguesa. Pode ser comido ao natural, cozido ou misturado até em sopas e outros pratos.

Na vila da Ericeira até tem direito a um festival que já vai na terceira edição. Começou a 31 de março e vai durar até domingo, dia 9. Há 24 restaurantes da zona que aderem a esta iniciativa e que se comprometem a ter vários pratos no menu com este fantástico e saboroso ingrediente. Cada restaurante criou as suas receitas.

O Viveiros do Atlântico, em Ribamar, é um dos participantes do evento e deixou a ‘Sexta’ espreitar a sua cozinha, revelando os segredos da preparação do ouriço-do-mar.

Uma das suas propostas é uma entrada a que chamaram ‘Mexido de ouriço e algas’, na qual o sabor intenso a mar do ouriço se mistura com o salgado das algas (alface do mar e musgo irlandês) e com a suavidade cremosa do ovo e das natas salpicadas com pimenta preta. É uma sugestão de entrada de Carlos Silva, dono do Viveiros do Atlântico, para ser saboreada devagar.

No menu pode ainda provar o ouriço numa sopa rica, em gnocchi e em sobremesa. Há também uma aletria de ouriço. Acreditem!

PUBLICIDADE
Mexido de ouriço com algas    
 
Esta é uma receita saborosa e muito fácil de preparar. Para a executar deve ter os seguintes ingredientes: quatro ouriços frescos, três ovos, algas (alface do mar e musgo irlandês), pimenta preta em grão para moer na hora,
natas frescas (2 dl), sal (q.b.) e água dos ouriços.

Com a ajuda de uma faca ou de uma tesoura abra o ouriço pelo lado da boca de forma a fazer uma abertura redonda. Abra com cuidado para não se picar nos picos e não entornar a água do próprio ouriço. depois, escorra a água para uma taça e reserve para utilizar mais tarde.

Parta os ovos inteiros e bata com a ajuda de um garfo. de
pois junte a água dos ouriços e as natas frescas. mexa muito bem.

Demolhe as algas (a alface do mar e o musgo irlandês) em água e escorra. depois pique-as com a ajuda de uma faca e junte-as ao preparado anterior. Mexa com a ajuda de um garfo. Tempere de sal (q.b.) e pimenta preta moída no momento e mexa novamente.

Com a ajuda de uma colher de sopa encha os ouriços com o preparado.

Leve os ouriços ao forno durante cerca de oito a nove minutos. O forno deve estar a 200 graus. Pode servi-–los como entrada em cima de sal e enfeitados com as algas. está pronto a servir.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE