Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
7

Atum de cebolada bem tratado no prato

Festival Rota do Atum decorre em Porto Santo.
Edgardo Pacheco 26 de Junho de 2019 às 16:00
Atum de cebolada
Atum de cebolada FOTO: Direitos Reservados
A seguir às tradicionais conservas e ao tratamento da grelha, é provável que a cebolada seja a variante mais habitual para apresentar um bife de atum.

Não temos nada contra, a não ser um pequeno detalhe: o tempo de fogo excessivo a que se submete a fatia do peixe nobre (e se se der o caso de estarmos perante um patuto ou um rabilo, nobre é pouco – nobríssimo é que faz sentido). O chef Cordeiro é um tipo muito exigente com os pontos de cozedura.

E a gente sabe muito bem do que fala porque um dos melhores costeletões de carne maturada que alguma vez provámos foi feito por ele. E tudo porque não deu um minuto a mais ou um minuto a menos à peça na grelha.

Bem tratado no prato
Há dias, durante o festival A Rota do Atum, em Porto Santo, pedimos ao transmontano que agora trabalha no Porto que nos ensinasse a fazer um bife de atum de cebolada como deve ser, que não nos parecesse sola de sapato.

Um atum vive uns bons anos até que algum pescador o engane com um isco. Se ele foi retirado do seu meio para nos dar prazer, o mínimo que se exige a um omnívoro é que o trate bem no prato. O mínimo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)