Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
6

O Marginal de Luanda traz África até ao seu prato

Cozinha angolana num espaço moderno no centro de Lisboa.
Cristina Ferreira de Almeida 16 de Novembro de 2016 às 17:14
Restaurante Marginal de Luanda
Restaurante Marginal de Luanda FOTO: Pedro Catarino
Com o mesmo nome do conhecido restaurante angolano, o restaurante Marginal de Luanda abriu em Lisboa, perto do Saldanha, para gáudio dos amantes da cozinha angolana.

Numa sala luminosa, os panos do Congo a servirem de marcador são o único pormenor colorido numa decoração sóbria. O atendimento é simpático e rápido e a carta de vinhos bastante razoável em variedade, embora pesada no que respeita a preços.

A cozinha africana, sobretudo angolana, é a atração principal da ementa, mas os apreciadores da cozinha portuguesa encontram aqui referências nacionais – três pratos de bacalhau, polvo e bifes, entre outros –, permitindo uma abrangência maior de clientes.

Entre os ‘pesos-pesados’ do menu, conta-se uma saborosa muamba de galinha de jinguba, a cabidela com um funge de ótima consistência, o peixe à Marginal de Luanda com mandioca e batata-doce, ou o mufete de peixe com feijão com óleo de palma e farinha. Uma das curiosidades deste espaço é a existência de alguns preparados de mucua, o fruto do embondeiro, servido aqui em sumo e, nas sobremesas, em mousse. O ‘Marginal’ não é barato, mas vale uma visita.
restaurante Marginal de Luanda Lisboa Saldanha Congo Luanda gastronomia
Ver comentários