Correio da Manhã

Jogue com finger food nos oitavos de final
Trança de pizza
Bola integral de azeitonas com chouriço e tomate
Espetada de lulas com camarão e ananás
Caracóis de queijo e fiambre
Pataniscas de legumes
Tarteletes de cebola-roxa com vinho do Porto e roquefort
Cestos de camarão e guacamole
Brigadeiros de amendoim
Lollipops de kiwi e chocolate
Gelados de frutos vermelhos
Tarteletes de manteiga de amendoim
11:55
  • Partilhe
Portugal-Uruguai: 11 receitas de finger food tão vencedoras como os 11 jogadores portugueses em campo. Festeje os golos de barriga cheia!

A seleção das quinas entra em campo no próximo sábado para defrontar o Uruguai e esperam-se nervos à flor da pele e emoção a cada jogada.

Se prefere ver a partida no conforto da casa, convide um grupo de amigos e prepare-se para celebrar. Hasteie as bandeiras, cachecóis ao pescoço, camisolas a rigor e vamos embora!

Já pensou nos petiscos que vai levar a jogo? Esqueça o habitual trio "cachorro-prego-bifana". Selecione a melhor equipa de acepipes para a mesa e marque golo junto dos convidados. Aposte no prático finger food, de comer à mão, com classe e descontração, e apoie a seleção sem descolar um minuto da televisão. Afinal, não é só em campo que somos criativos!

Menu vencedor

Começa o jogo: pontapé de saída com 11 titulares que vão dar o seu melhor à mesa.

PUBLICIDADE

Fácil de preparar sem deixar a cozinha de pernas para o ar, a trança de pizza quer deixar uma marca neste Mundial. Ouve-se "Mais, por favor!"

Sinta-se o rei da trivela com a bola integral de azeitonas com chouriço e tomate, repleta de sabores típicos da cozinha tradicional portuguesa. Sirva-a fatiada, quente ou fria, e, de preferência, em dose dupla.

Com a espetada de lulas com camarão e ananás, nem faz mal não saber a diferença entre um livre e um penálti. Só precisa de temperar esta iguaria com boa energia e convívio entre amigos, e ir na onda.

Lance à mesa os caracóis de queijo e fiambre, para animar o jogo, ou as inesperadas pataniscas de legumes, petisco certeiro para os telespetadores vegetarianos, de comer e chorar por mais.

Mas para fazer o público vibrar, chegam as tarteletes de cebola-roxa com vinho do Porto e roquefort que combinam dois pontas de lança: o queijo e o vinho.

PUBLICIDADE

Eis que chega o jogador revelação, pronto para assinalar a vantagem no marcador: cestos de camarão e guacamole, deliciosamente frescos, fáceis de preparar e perfeitos para servir em ocasiões especiais.

Depois do intervalo, vai chocolateee!!! Ele é brigadeiros de amendoim  ou lollipops de kiwi e chocolate a adoçar o momento, e a multidão vai ao rubro!

Para refrescar os ânimos, faça entrar os gelados de frutos vermelhos. O jogo volta a aquecer e, não tarda nada, sai o golo da vitória com as decisivas tarteletes de manteiga de amendoim. Agora, é vencer ou vencer!

Prata da casa

PUBLICIDADE

Não é preciso muito para cozinhar um dia heroico e transformar a casa num pequeno estádio. Para tirar o máximo partido com o mínimo esforço, a loiça descartável – em modo verde e vermelho, claro! – é a melhor aliada do finger food, com cerveja gelada à mistura. No Mundial, ninguém leva a mal!

Os melhores ingredientes juntam-se para fazer magia na mesa e no campo. Motivação não falta e as expetativas estão em alta. Força, Portugal!

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE