Correio da Manhã

A Taifa tem música ao vivo e sabores do mundo
Foto Rui Minderico
Foto Rui Minderico
Por Sofia Garcia | 14:00
  • Partilhe
Nasceu no dia anunciado para o fim do mundo e continua a mexer com o panorama da noite de Setúbal.

Enche depressa, atrai multidões e teima em não sair de moda. O bar A Taifa abriu portas a 12 de dezembro de 2012, o dia em que, segundo o calendário Maia, o Mundo ia acabar.

Afinal, a terra continuou a girar em torno do Sol e A Taifa a levar a Setúbal os sabores, sons e experiências do Mundo. "Numa altura em que poucos acreditavam na cidade, quis trazer a Setúbal um pouco das minhas viagens", explica o proprietário, Tiago Santos.

A localização, em plena avenida Luísa Todi, junto ao bairro troino, de raízes piscatórias, deixa este bar alternativo à mão de semear do turista estrangeiro que procura misturar-se com as tradições e pessoas da terra, sentindo-se ainda assim com um pouco de todo o Mundo ali à mão. É que A Taifa não se limita a ser um acolhedor espaço de convívio.

A música ao vivo acontece ao longo de todo o ano, com o seu expoente nas noites de verão, quando a ação se passa na esplanada. No palco d’A Taifa os sons ecoam pelas mãos e vozes de artistas nacionais e internacionais, com ritmos que vão desde os blues e jazz, passando pelo reggae e o hip-hop.

No bar a noite é rainha, portanto espere pelas 16h00 para ali entrar. Ao fim de semana a experiência começa mais cedo e com os sentidos apurados. É que ali são servidos almoços.

Aconselha-se uma entrada de húmus de beterraba e o sabor oriental de um Pad Thai de frango e camarão. 

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE