Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
6

Abrantes recebe doçaria tradicional

Das tigeladas à palha, do pão de ló aos ovos moles, das queijadinhas ao toucinho do céu, sem esquecer as compotas e licores, a oferta é variada.
Rogério Chambel 25 de Outubro de 2019 às 19:00
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
Doces de norte a sul e ilhas vão estar à prova em Abrantes, na mostra de doçaria
A partir desta sexta-feira e até domingo, Abrantes é a cidade mais doce do País com a realização de mais uma edição da Feira Nacional de Doçaria Tradicional.

Do pão de ló de Margaride às brisas do Tâmega e queijadinhas de S. Gonçalo de Amarante; dos ovos moles de Aveiro aos pastéis de Tentúgal, cornucópias de Alcobaça, pastéis de feijão, bombom de figo negro de Torres Novas, coscoréis da Sertã, rebuçados de ovo do Alto Alentejo, bolo fidalgo ou tigeladas e palha de Abrantes, sem esquecer as broas fervidas ou o toucinho do céu, há muito por onde escolher.

Nas novidades deste ano surge o pastel do Curral, vindo da Madeira, e o regresso dos sabores da serra da Gardunha, refletido nas compotas e licores.

Do programa da feira constam várias atividades como oficinas de doçaria, animação infantil, exposições e manifestações desportivas.

Aprender receitas tradicionais ou a inovar, utilizando produtos da região, são os intuitos das oficinas de doçaria, que este ano se realizam no último andar do Mercado Diário de Abrantes. A primeira oficina será amanhã, às 10h30, sobre as broas de batata-doce.

Nos espetáculos musicais, esta edição será dedicada à música tradicional portuguesa.

MERCADOS E FEIRAS
Arraiolos
Começa esta sexta-feira e decorre até dia 3 de novembro mais uma edição da Mostra Gastronómica, a que se junta o Festival da Empada e a Feira do Tapete.

Alcobaça
A partir de sexta-feira e até dia 1 de novembro, Alcobaça acolhe a Feira de São Simão, em que os frutos secos estão em destaque. Também há tasquinhas e música.

Lisboa
O Museu Militar é palco, a partir de sábado, da Feira Internacional de Cutelaria Internacional, com mais de 50 expositores de cinco países. A entrada é gratuita.

Bragança
A caça, a pesca e a castanha vão estar em destaque na Feira Internacional do Norte, que decorre de 31 de outubro a 3 de novembro. Em paralelo realiza-se a semana gastronómica.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)