É tempo de caracóis

Está de volta o ritual próprio dos meses quentes.
Por Paulo Fonte|paulofonte@cmjornal.pt|11.06.18
  • partilhe
  • 6
  • +
Petisco de fim de tarde acompanhado com uma imperial bem tirada, até aos últimos dias de agosto - vá lá, até ao início de setembro -, os caracóis fazem parte do menu dos estabelecimentos. Servidos em travessas, pratos ou pires, as tascas ou restaurantes anunciam o pitéu com um simples papel colado nos vidros - ‘Há caracóis’.

Esta é a altura em que as opiniões se dividem entre saborear estes pequenos bichinhos, que se comem com a ajuda de um palito, e aqueles que torcem a cabeça de desagrado só em pensar neste ritual que remete para os meses que não têm ‘r’ no nome.

Constituídos por água, ricos em proteínas e pobres em gorduras, a maior parte deste nutritivo alimento que se encontra à venda é proveniente de Marrocos. Nestas páginas apresentamos um conjunto de curiosidades sobre o molusco, uma receita típica e indicamos alguns locais onde se podem consumir. Bom apetite. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!