Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
8

Lágrima das Damas é um porto branco doce equilibrado

Fundada em 1880, a Ramos Pinto recupera nos rótulos imagens que fizeram parte da história.
Edgardo Pacheco 6 de Junho de 2019 às 16:00
Lágrima das Damas
Vinho
Lágrima das Damas
Vinho
Lágrima das Damas
Vinho
Há quem diga que os consumidores não conhecem o fabuloso universo do vinho do Porto porque a burocracia portuguesa e inglesa criou tantas categorias que só um maluquinho poderá dominar.

E é bem capaz de ser verdade. De facto, se em matéria de vinhos tranquilos temos brancos, tintos e rosés, no caso do vinho do Porto temos umas 12 categorias.

Peguemos no caso do infelizmente mal amado Porto Branco. Só aqui temos três perfis de vinhos em função dos graus de doçura dos mesmos. Donde, temos Porto branco seco, Porto branco meio seco e Porto branco doce. Na gíria, o Porto branco doce tem a designação de lágrima, visto que, como tem mais açúcar natural do que os restantes (uns 136 gr por litro), deixa umas grossas lágrimas nas paredes do copo quando rodamos o vinho.

Ora, a Ramos Pinto é uma das empresas de vinho do Porto que tem pergaminhos em matéria de Porto branco doce.

Quando se fala nesta categoria, o seu Lágrima das Damas é uma boa referência por ser muito equilibrado entre doçura, notas de fruta e acidez. Sim, é doce, mas convém que tudo seja apreciado de forma harmoniosa.

Neste caso, este vinho fino que pode ser uma solução para funcionar como iniciação ao mundo do vinho do Porto é feito a partir de uvas maduras das castas Codega, Rabigado e Viosinho. Perfumado, guloso e baratinho.

Ora vai bem com salmão, ora a ser usado em cocktails
A beleza do Porto Branco é que vai bem com muita coisa. É tudo uma questão de imaginação. Assim, tanto pode acompanhar uns peixes fumados não muito intensos (salmão) como ligar com sobremesas não muito açucaradas (tipo encharcadas e afins). E pode ser usado em cocktails.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)