Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
9

O grão-de-bico preto é bonito e saboroso

Quando um chef encontra agricultores empenhados em recuperar variedades antigas nascem sempre pratos curiosos.
Edgardo Pacheco 14 de Agosto de 2019 às 18:44
Grão-de-Bico preto
Grão-de-Bico preto FOTO: Direitos Reservados
Parece que noutros tempo o grão-de-bico preto não era assim uma coisa excêntrica, mas - como de costume - com a necessidade de aumentar as produtividades, lá foi preterido por outras variedades brancas.

Acontece que o agricultor João Vieira , que é uma espécie de guardião da biodiversidade de diferentes cereais e leguminosas, semeia todos os anos na região do Cadaval uma variedade de grão-de-bico preto, mais como forma de preservar a semente do que vendê-la em qualquer mercado. É um agricultor que merece aplausos.

Ora, como volta e meia acontece, um encontro entre um agricultor e um chef pode ser o princípio de recuperação de uma cultura agrícola em risco de extinção. E foi isso que aconteceu quando o chef Daniel Sequeira (restaurante Quinta do Gradil, no Cadaval) descobriu o agricultor João Vieira e outro jovem agricultor (Ricardo Pratas) que decidiu semear meia dúzia de regos de grão-de-bico preto.

De maneira que com um punhado desta leguminosa o chef Daniel Sequeira preparou para o Prato da Casa uma salada fresca de grão, que serviu de companhia a um torricado de bacalhau feito à moda antiga, assado em brasas de vides e no meio das vinhas da Quinta do Gradil.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)