Sardinhas da Conservas Santos não têm pele nem espinhas

A Conservas Santos escolhe bem as matérias-primas. Muitas delas são trabalhadas com azeite.
Por Edgardo Pacheco|11.04.19
Sardinhas da Conservas Santos não têm pele nem espinhas
Foto Mariline Alves
Um hábito esquisito de alguns chefs criativos é a eliminação da pele dos peixes na hora de os servir. Tudo porque há sempre um mercado de consumo urbano para quem a pele dos pescados é uma porcaria que incomoda e que tem de ser colocada na borda do prato. Podemos até argumentar que a pele tem muito sabor que isso não interessa.

A pensar nestes comportamentos, algumas conserveiras trataram de explorar o filão. E à eliminação da pele acrescentaram a eliminação das espinhas, pelo que comer um filete de atum ou um filete de cavala passou a ser o mesmo. Não dá trabalho algum.

Admitimos, todavia, que, em matéria de conservas, a pele de alguns peixes terá como fim o lixo (pelo facto de o peixe não nos chegar fresco em lata). E admitimos, depois de provadas, que estas Sardinhas Sem Pele e Sem Espinhas, da Conservas Santos, têm categoria. É o que se pode chamar a conserva dos preguiçosos com gosto.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!