Vinho verde jovial e com pouco álcool

A família Cerdeira inova a partir da casta Alvarinho, agora com a casta Loureiro.
Por Edgardo Pacheco|06.02.19
Se há empresa que revolucionou o universo do vinho Alvarinho/Verde ela tem o nome de quinta do Soalheiro, desde logo porque, em 1982, foi o primeiro produtor a meter a nobre casta branca numa garrafa, e vender a coisa como vinho Alvarinho e não necessariamente Vinho Verde (embora faça parte da região e do conceito de Verde).

Se aquela foi ideia de António Cerdeira naqueles tempos, hoje os filhos Luís e Maria João continuam a inovar a um ritmo impressionante.

Não há ano em que não lancem qualquer coisa de novo, sendo que, no ano passado, os consumidores foram brindados com um rosé que junta a casta francesa Pinot Noir ao nosso Alvarinho. Um belo vinho.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!