Correio da Manhã

Um mês a 'vadiar' nas festas de Lisboa
Foto Direitos Reservados
Por Paulo Fonte | 19:15
  • Partilhe
Ao longo de junho, as atividades multiplicam-se pela cidade. Para além das marchas e dos arraiais, há música, cinema e muito mais.

Junho é sinónimo de festas em lisboa, com mil e uma atividades para todo o tipo de públicos e de idades. As festividades arrancam hoje, Dia Mundial da Criança, com a abertura de um novo teatro dedicado aos mais novos. O LU.CA – Teatro Luís de Camões, localizado na Ajuda, que apresenta ao longo do mês espetáculos gratuitos.

Mais uma vez os lisboetas são convidados a reavivar a memória e a tradição dos Tronos de Santo António e, quanto às marchas, este ano são inspiradas por Vasco Santana. ‘Vasco é Saudade’ é o tema vencedor da Grande Marcha, que será interpretado na noite de Santo António, de dia 12 para 13.

Os 20 anos da Expo’98 também não vão ser esquecidos e as Festas despedem-se com um concerto de Gilberto Gil no Jardim da Torre de Belém; ‘Refavela 40’ promete sons quentes do reggae, samba e funk. 

Exposição
‘Salvem a Sardinha’
Ao longo do mês, a Galeria Millennium, na Rua Augusta, recebe a exposição ‘Salvem a Sardinha’, resultado do desafio de preencher a popular silhueta da sardinha. Das 3726 propostas recebidas, apresentam-se as cinco vencedoras. Pela ordem das imagens, trabalhos de Stefanos Antoniadis, Itália, ‘Sardem Sul’; Arthur Crispim Duarte, do Brasil, com ‘A chegada dos amigos da sardinha’; Anna Kocová, da República Checa, com ‘Fisherman’; Paulo Veiga, aka Paveia, de Portugal, com ‘SARDINEonCARBONfootprint’ e Boris Biberdzic, do Canadá, com ‘Sardine Love’. 

Paços do Concelho e Sé
Casamentos de Santo António e juras de amor eterno

Os casamentos de santo antónio são um dos momentos mais populares  das Festas de Lisboa. Realizam-se no dia 12 deste mês, com as juras de amor eterno por parte de dezasseis casais. Os casamentos desenrolam-se  em dois momentos: durante a manhã cinco casais dão o nó pelo civil, nos paços do concelho, e à tarde onze casais contraem matrimónio na Sé de Lisboa. Após a troca de votos segue-se o desfile em automóveis antigos até à Estufa Fria, onde se realiza o copo de água. 

PUBLICIDADE
Jardim da Torre de Belém
Gilberto Gil encerra as festividades com ‘Refavela 40’ em Belém
O encerramento das Festas de Lisboa é gratuito e faz-se ao som do samba, reggae, blocos afro da Bahia e do funk. Dias 30, pelas 22h00, o Jardim da Torre de Belém recebe Gilberto Gil com o espetáculo ‘Refavela 40’. A história do espetáculo começa em 1977, quando Gilberto Gil fez a sua primeira viagem a África, para participar no Festival de Arte e Cultura Negra. 

Parque das Nações
Espetáculo multimédia tem fontes e regressam os Olharapos
Um espetáculo multimédia com fontes e ecrã de água e atuação dos Olharapos acontece hoje e amanhã, pelas 21h30 e 22h30, no enquadramento da Pala do Pavilhão de Portugal, um dos edifícios mais emblemáticos da Expo’98. Vão ser revistos os melhores momentos da Exposição Mundial de Lisboa. Antes e no intervalo destas exibições, nove Olharapos e 20 animadores surpreendem quem andar por ali. Uma oportunidade para rever estas figuras. Gratuito.

Vasco Santana e ‘A canção de Lisboa’ inspiram
Grande festa bairrista com exibições e desfile das marchas populares

As marchas populares são um dos momentos altos das Festas de Lisboa, mobilizando centenas de participantes e milhares de espetadores. A partir desta sexta-feira e até domingo ficamos com uma primeira ideia, com as exibições das 26 marchas no Altice Arena. Vasco Santana e ‘A Canção de Lisboa’ servem de inspiração. O grande desfile, com todas as marchas,  é, como manda a tradição, na noite de Santo António, de 12 para 13, na avenida da Liberdade.  A festa termina de madrugada.

--

Sardinha assada e manjericos
Ao longo de todo o mês, os bairros de Lisboa organizam os seus arraiais populares. Tomem-se dois como exemplo, o da Vila Berta, no Bairro da Graça, e o de Alvalade. Na Graça, entres os dias 8 e 16, este é já uma presença assídua nas Festas de Lisboa, que acontece numa Vila Berta com renovadas fachadas de azulejos. Há sardinha e manjerico, bailarico, DJ, fado vadio (dia 11) e música ao vivo (dias 12 e 15).

Os mais novos também não são esquecidos, com o Arraial Infantil, dia 10, a partir das 16h00. Já em Alvalade, o arraial resulta de uma parceria com a Fundação INATEL e realiza-se entre os dias 8 e 17 no Parque de Jogos 1.º de Maio. Não falta a oferta gastronómica da época, com concertos todos os dias. No dia 8 é a vez de Herman José, com uma noite de humor com o seu ‘One (Her)Man Show’. 

PUBLICIDADE
Mostra de tronos de Santo António
A tradição tem origem no século XVIII e foi recuperada pela EGEAC e pelo Museu de Lisboa - Santo António em 2015. O objetivo é promover a criatividade, com tudo a valer, "desde que tenha pelo meio um Santo António". Os tronos estão em exposição neste fim de semana, dias 2 e 3, e até ao final do mês se os seus autores assim o entenderem. Uma exposição que vale a pena. 

Abertura do LU.CA
Para celebrar a reabertura do Teatro Luís de Camões, agora como LU.CA, foram criados os Dias de Inauguração. Decorrem de hoje a segunda-feira, com entrada gratuita. Tendo como ponto de partida as fábulas que Esopo inventou, construiu-se um programa que reúne diferentes formatos artísticos. 

Trezena para Santo António
Entre os dias 1 e 12 há concertos gratuitos na Igreja e no Museu de Santo António. A Trezena para Santo António terá as suas origens em Bolonha, Itália. Trata-se de um conjunto de orações, todas diferentes entre si mas sempre a Santo António, feitas nos dias que antecedem o dia 13 de junho. Nesta trezena são trocadas por canções. 

XI Festival de Bandas
A Praça dos Restauradores, o Jardim da Estrela e a Quinta das Conchas recebem dia 23 seis bandas filarmónicas no Com’Paço – Festival de Bandas Filarmónicas. No final, 58 novos jovens músicos juntam-se a um grupo de artistas convidados, num concerto que inclui uma homenagem a Vasco Santana. Termina com temas de ‘A Canção de Lisboa’. É gratuito.

‘Os Dias do Público’
Durante três dias, entre 15 e 17, o Teatro São Luiz apresenta ‘Os Dias do Público’, com uma programação escolhida pelo público para o público. A iniciativa insere-se no projeto ‘O Público Vai ao Teatro’, que nesta temporada, explica a organização, em Laboratórios de Curadoria, deu aos participantes a possibilidade de conhecer vários profissionais do Teatro e de arriscar o ato de programar. n

PUBLICIDADE
Japão tem festa na capital
Dia 16 há Festa do Japão em Lisboa. Acontece no Rossio dos Olivais, no Parque das Nações, das 14h00 às 22h00. Com entrada gratuita e com o Tejo como pano de fundo, a ideia é que todos partilhem e desfrutem da cultura japonesa, nas suas vertentes mais tradicionais e pop. 

Correr à noite pela cidade
A Corrida de Santo António acontece amanhã à noite, dia 2, com início na Praça D. Pedro IV, Rossio. A partida para os 10 quilómetros de corrida noturna é dada às 20h30 e os participantes vão percorrer a Zona Ribeirinha de Lisboa, com passagem pela Av. 24 de Julho e Av. da Índia. No final, cada participante leva para casa um manjerico. 

Um clube para poetas vivos
No próximo dia 5, terça-feira, decorre, com entrada gratuita, o Clube dos Poetas Vivos. Acontece no átrio do Teatro Nacional D. Maria II, pelas 19h00. Rosa Oliveira é a convidada deste clube, no qual atores do Teatro Nacional dão voz aos poemas na presença daqueles que os escreveram. 

Oficina portátil para as artes
A OPA – Oficina Portátil de Artes acontece dia 10, pelas 18h30, na Ribeira das Naus. Este é um projeto pedagógico e artístico de raiz intercultural, promovido pela Associação Sons da Lusofonia. Através de workshops, são dadas ferramentas que permitem uma evolução acompanhada. 

Ver as estrelas com telescópios
Olhar o céu noturno com telescópios é a proposta para dia 22 no relvado do Museu Lisboa - Palácio Pimenta. Às 21h30, a entrada é gratuita. O convite é para olhar o céu mais de perto na companhia de investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço. 

Celebrar a obra de Fernando Pessoa
A 13 e 16 deste mês, e para celebrar os 130 anos do nascimento de Fernando Pessoa, a Casa Fernando Pessoa preparou um programa especial, pensado para todas as idades.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE