Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida

Carlos do Carmo despede-se dos palcos nos Coliseus

Fadista diz adeus à cidade invicta este sábado antes do derradeiro concerto, dia 9, em Lisboa.
Miguel Azevedo 1 de Novembro de 2019 às 15:00
Carlos do Carmo
Aos 79 anos Carlos do Carmo é um dos nomes maiores do fado
Carlos do Carmo
Carlos do Carmo
Aos 79 anos Carlos do Carmo é um dos nomes maiores do fado
Carlos do Carmo
Carlos do Carmo
Aos 79 anos Carlos do Carmo é um dos nomes maiores do fado
Carlos do Carmo
Ele é seguramente a maior figura do fado depois de Amália Rodrigues. A diva do fado deixou-nos há 20 anos, e Carlos do Carmo despede-se neste final de ano dos palcos, aos 80 anos, depois de uma carreira inteira dedicada à canção de Lisboa.

O cantor sobre amanhã ao palco do Coliseu do Porto, antes do derradeiro espetáculos, dia 9, no Coliseu de Lisboa. "Este é o ano em que vou fazer 80 anos. Há pessoas que têm uma grande capacidade de durar até aos 90, 100 anos. Eu não tenho", dizia o fadista no início do ano num vídeo através do qual anunciava o adeus aos palcos.

"Este é o ano da despedida. Sem amarguras, sem azedumes. Será o ano da despedida com muita gratidão a todas as pessoas que ao longo destes anos me têm dado tantas alegrias e tanta generosidade".

Com mais de cinquenta anos de carreira, mais de vinte discos de estúdio e cinco milhões de cópias vendidas, Carlos do Carmo foi distinguido ao longo da carreira com os mais variados galardões, tendo em 2014 recebido mesmo um Grammy obtido na categoria Lifetime Achievement, entregue pelo conjunto da sua obra.

Os dois últimos concertos da carreira são, por isso, de caráter obrigatório.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)