Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
7

Chapeú na cabeça, tesoura nas mãos. Chegou a época das vindimas

Sempre em ambiente de festa, a vinha é o melhor palco para aprender uma das mais tradicionais indústrias de Portugal.
António Miguel e Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 13 de Setembro de 2017 às 11:00
Herdade do Esporão
Vindimas
Quinta do Quetzal, na Vidigueira
Herdade do Esporão
Vindimas
Quinta do Quetzal, na Vidigueira
Herdade do Esporão
Vindimas
Quinta do Quetzal, na Vidigueira
Longe vai o tempo em que as vindimas eram um trabalho exclusivo das gentes do campo.Nos dias de hoje, esta dura tarefa de apanhar a uva e de transformá-la em vinhos de qualidade,  que são tão característicos do nosso País, está ao alcance de qualquer um.

Com a época das vindimas a decorrer, de Norte a Sul de Portugal multiplicam-se as propostas de quintas e herdades, que convidam os seus visitantes a porem mãos à obra e a participarem diretamente na vindima, seja na apanha das uvas ou mesmo na pisa a pé no lagar, no que se tem tornado num tipo de turismo cada vez mais procurado. 

Passeio pela vinha com explicação do processo
Região Oeste é conhecida pelos seus vinhos de qualidade. Até 30 de setembro, a Adega Mãe apresenta o seu programa de enoturismo Uva, onde o dia começa com uma receção na loja da herdade, que inclui uma bebida de boas-vindas que se faz acompanhar com a degustação de iguarias tradicionais da região à base de uva.

Segue-se depois um passeio pela vinha, sempre dotado com a explicação de todo o processo da vindima e das castas que são cultivadas.

Durante o passeio, quem quiser pode arregaçar as mangas e apanhar uvas numa pequena área reservada exclusivamente para os visitantes, obtendo em primeira mão o conhecimento prático da apanha da uva.

O programa inclui ainda uma visita à adega onde todo o processo de produção do vinho é explicado. Chega ao fim com uma prova de mosto. 

Apanha, cânticos e passeio pelo museu
Localizada perto das margens do Rio Douro, a Quinta do Pôpa oferece um programa de enoturismo que decorre ao longo do dia.

Os participantes fazem um passeio pela vinha às 11h00, onde podem participar na apanha e corte da uva, sempre acompanhados pelos cânticos tradicionais durienses, que animam os visitantes e aliviam o trabalho árduo da vindima.

Em seguida, há um almoço tradicional que tem direito a prova de vinhos, às 13h00, sempre comentada por um enólogo profissional. Mais tarde, às 14h30, acontece uma visita à adega e ao museu da vindima, bem como à garrafeira. O ponto alto do programa é a pisa da uva nos lagares, que começa às 15h30.

O programa encerra às 16h30 com uma prova de vinhos. 

Experiência alentejana   
A Herdade do Esporão propõe,  até dia 30 deste mês, a participação ativa dos seus visitantes na vindima. O programa começa pelas 10h30 com um passeio pelas vinhas, ao que se segue a apanha da uva. Segue-se a visita às caves e à adega, onde se realiza uma prova de três néctares, culminando num almoço harmonizado com vinhos. 

Lagares de granito e vindimas
Com um programa disponível até dia 16 Deste mês, a quinta de Santa Cristina começa as atividades às 10h30 com a prova de um espumante branco. Segue-se um passeio às vinhas, onde os visitantes participam na apanha da uva e desfrutam de um piquenique. Mais tarde, há uma visita à adega e pode-se pisar a uva no lagar de granito. O dia encerra às 14h30 com a entrega de um diploma. 

Não custa nada pisar as uvas
Na Casa Agrícola Horácio Simões, qualquer pessoa é bem-vinda para fazer a vindima, pisar as uvas ou, simplesmente, ver como se faz, sem custos pela ajuda prestada. Não existem programas específicos, mas há provas de vinho para os visitantes, que incluem dois vinhos tranquilos e três moscatéis, bem como a explicação de todo o processo de produção, desde a apanha da uva até à lagarada tradicional na adega.

Vindimas à beira do Rio Douro
Com uma vista de cortar a respiração, a quinta Nova convida, até meados de setembro, os participantes a desfrutarem o dia a dia na vinha e na adega. O programa deste ano inclui formação e fornece o material para a apanha de uva, seguindo-se um almoço no Conceitus Winery Restaurant, harmonizado com as sugestões de um enólogo. Segue-se a visita à adega com uma prova de vinhos clássica. 

Programa para celebrar
Em plena época de vindima, a Filipe Palhoça Vinhos convida à celebração do Dia Mundial do Turismo, a 27 de setembro. As atividades começam às 10h00, com uma visita à adega, seguida pela apanha da uva. Mais tarde, há a prova de três vinhos . 

Uma visita e piquenique
Situada nas costas da Vidigueira, bem no coração do Alentejo, a quinta do Quetzal oferece um programa que inclui um passeio pelas vinhas e, se assim o desejarem, os visitantes podem participar na apanha das uvas. Segue-se um piquenique na vinha com queijos locais e, depois, uma visita à adega e às caves, podendo os participantes fazer a sua própria mistura com três castas. O programa tem ainda um almoço no restaurante Quetzal, com uma prova de vinhos comentada. 

Visita e refeição no campo
Bem na região centro, a Casa de Santar apresenta  um programa que abre as portas aos visitantes que querem participar diretamente no corte e na pisa das uvas. No dia 16 deste mês, o programa apetrecha os participantes com todo o material necessário para a apanha da uva, durante a visita pelas vinhas da herdade. Depois de uma ‘pequena bucha’, a meio da manhã, segue-se a tradicional lagarada. Por fim, há um almoço campestre nas vinhas. 

Lagarada, almoço, jantar e estadia   
A Herdade Torre de Palma oferece, até dia 15 deste mês, um programa que inclui estadia de uma noite. Começa de manhã com a visita à adega e segue-se a participação na lagarada e provas de vinho, até ao almoço. A tarde é livre e o dia encerra com um jantar que tem menu de degustação. 

Corte da uva e tradicional pisa no lagar
Com as vinhas a serpentearem as margens do Douro, a quinta da Pacheca permite aos visitantes participarem na vindima a partir da segunda semana de setembro. Os trabalhos começam às 10h00 com o corte da uva, seguindo-se um almoço. À tarde há a tradicional pisa a pé nos lagares. 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)