Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
5

Filomena Gonçalves protagoniza uma mãe inflexível em ‘A casa de Bernarda Alba’

Dezoito anos depois, a atriz volta aos palcos para protagonizar a peça-maior de Federico García Lorca.
Ana Maria Ribeiro 12 de Novembro de 2019 às 16:00
Filomena Gonçalves protagoniza uma mãe inflexível em ‘A casa de Bernarda Alba’
‘A casa de Bernarda Alba’
Filomena Gonçalves protagoniza uma mãe inflexível em ‘A casa de Bernarda Alba’
‘A casa de Bernarda Alba’
Filomena Gonçalves protagoniza uma mãe inflexível em ‘A casa de Bernarda Alba’
‘A casa de Bernarda Alba’
"Este convite foi absolutamente extraordinário", diz Filomena Gonçalves sobre o regresso aos palcos de teatro, ao fim de 18 anos de ausência. Pelo meio, criou uma filha e envolveu-se num projeto televisivo "muito absorvente".

O desafio que Celso Cleto lhe lançou – o de protagonizar a peça-maior de Federico García Lorca, ‘A Casa de Bernarda Alba’, no Auditório Eunice Muñoz, em Oeiras – chegou, portanto, "em muito boa hora". "Foi uma oportunidade única, que não podia deixar de aceitar. Pelo autor, pelo texto, por tudo...", diz Filomena Gonçalves, que não tem palavras que cheguem para elogiar o encenador. "Foi a primeira vez que fui dirigida pelo Celso, e ele tornou todo o processo muito fácil: é um encenador sereno, uma pessoa que sabe o que quer e que, portanto, consegue transmitir grande confiança aos outros."

Em palco, Filomena Gonçalves é Bernarda Alba, matriarca de uma prole de mulheres, cada qual a braços com dramas existenciais próprios. Mas a forma severa como esta mãe vigia a virgindade das filhas levará uma delas à morte. "É uma mulher austera, mas eu não diria que é uma má mãe", justifica a atriz. "É uma mulher que tem a noção muito clara de que vive num Mundo dominado pelos homens e que, por isso mesmo, é preciso fazer tudo o que está ao seu alcance para proteger as filhas."

Rodeada de atrizes que não conhecia, mas que a surpreenderam ("é um grupo excecional, com grandes capacidades"), Filomena Gonçalves espera, agora, que este trabalho – que fica em cena em Oeiras até ao final do ano – venha a merecer os aplausos do público. "Sonho entregar aos espectadores uma peça que os satisfaça e que os divirta, apesar de ser um drama. Que os faça esquecer as suas angústias."

FICHA
‘A Casa de Bernarda Alba’
Texto: Federico García Lorca
Encenação: Celso Cleto
Interpretação: Filomena Gonçalves, Estrela Novais, Ana Catarina Afonso, Catarina Mago, Diana Marquês Guerra, Helena Veloso, Isabel Leitão, Rita Cleto e Sara Gonçalves
Reservas: 937 081 517
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)