Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
5

Novas Invasões estão de volta a Torres Vedras

Até domingo decorre um festival com uma centena de manifestações culturais. A surpresa é garantida.
Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 30 de Agosto de 2019 às 16:00
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
Festival Novas Invasões em Torres Vedras
A época das Invasões Francesas em Torres Vedras é recriada até domingo durante o Festival Novas Invasões, este ano com a Alemanha a ser o país convidado. São cerca de uma centena de manifestações culturais com duas vertentes; recriar a época das Invasões Francesas, há 200 anos, e mostrar a inovação dos agentes culturais e outras culturas.

Nesta terceira edição destaca-se, esta sexta-feira, pelas 17h00, a estreia da ópera comunitária ‘É possível resistir’, pela Associação de Ópera e Artes Contemporâneas. Tem libreto de Rui Zink, música de Luís Soldado e encenação de Linda Valadas e junta 80 pessoas. O espetáculo vai avançando pelo Chafariz dos Canos, praça do Município, igreja de Santiago e praça Machado Santos, em Torres Vedras.

Ao longo da iniciativa vão estar presentes 12 companhias de quatro países e associações culturais locais. À Alemanha, como país convidado, cabe a organização de um ciclo de cultura que reúne representações de dança, música, literatura e experiências de degustação gastronómica.

Espetáculo de novo circo
O escritor Paulo Condessa percorre o festival de bicicleta, levando na bagagem poemas e citações de autores alemães. Já o artista plástico Gil Ferrão vai construir uma escultura a partir de objetos encontrados nas ruas da cidade, para a peça vir a ser exposta em permanência na praça Machado Santos.

‘Ulterior, el viaje’ é o espetáculo de novo circo dos espanhóis Tiritirantes, marcado para sábado, às 22h30, que irá da praça Alberto Avelino à praça do Município. Três personagens levam o público através de uma viagem pelo tempo. Máquinas e criaturas fantásticas são alguns dos elementos de fascínio.

A iniciativa conta ainda com um mercado oitocentista, com 70 bancas.

O festival encerra com o cortejo das Luminárias, entre o largo de S. Pedro e o parque do Choupal, que terá como ponto alto a revelação do país convidado de 2020.
Ver comentários