Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
3

Porto sai à rua para festejar o São João

Está tudo a postos para a noite mais longa do ano.
Nelson Rodrigues 19 de Junho de 2017 às 09:00
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
Cidade do Porto comemora o São João
É uma das maiores festas de rua da Europa. O S. João é comemorado na cidade do Porto e a noite de 23 para 24 deste mês é conhecida por ser a mais longa do ano. ‘Uma festa de todos que é para todos’ é o lema desta edição, cujas comemorações começaram ainda em maio e que contam com cinco semanas de festa por toda a Invicta.

Uma programação pensada a partir da cidade e para a cidade, que procurará manter vivas as tradições mais genuínas e enraizadas da festa, como as cascatas sanjoaninas, o lançamento de balões de fogo, os martelos, os bailes e arraiais por toda a cidade ou as rusgas e arruadas que percorrem as ruas da Baixa.


Roda gigante é grande atração
Para quem quiser ver a cidade a mais de 40 metros de altura, a roda gigante já está montada bem no centro da rotunda da Boavista, no Porto. Comemorativa do S. João, a roda faz as delícias de miúdos e graúdos. 

As cascatas que contam histórias
Cada cascata conta uma história diferente. A maioria é feita da história de vida das pessoas. Nas cascatas de S. João a imaginação não tem limites e tudo pode ser retratado, desde uma pessoa a monumentos. 

Martelar cabeças para socializar 
Na noite de s. joão ninguém sai à rua sem um martelo na mão. O objetivo é martelar a cabeça de todos aqueles que se concentram no centro da cidade, numa forma de socializar. Na ponta de cada martelo há um apito. 

Uma quadra com um manjerico
Cada manjerico espalhado pela cidade do Porto tem uma quadra de S. João associada. Além deste símbolo dos santos populares, no S. João há ainda o alho-porro, que, diz a sabedoria popular, protege do mau-olhado. 

Liga cidades toda a noite sem parar
Tal como aconteceu em anos anteriores, o metro do Porto funciona durante toda a noite de S. João (23 para 24 de junho), ligando o Porto, Matosinhos, Maia, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Vila Nova de Gaia e Gondomar. 

Música grátis
A Avenida dos Aliados, no Porto, é um dos principais locais da festa de S. João. Sempre com entrada gratuita, os concertos começam no dia 22, às 22h00, com a atuação da Banda Sinfónica Portuguesa. Esta será a inauguração do palco principal e irá incluir cantigas tradicionais de artistas populares como Rui Veloso, Sérgio Godinho ou Carlos Paião.

Já na noite de S. João, destaque para a atuação dos Trabalhadores do Comércio, às 23h00, e, após o fogo de artifício, caberá aos GNR & Convidados atuarem. Neste espetáculo não vai, com toda a certeza, faltar o tema ‘Pronúncia do Norte’. No feriado de S. João, sábado, destaque para a atuação dos Clã, às 23h30. A banda de Manuela Azevedo irá centrar o espetáculo nos maiores sucessos dos mais de 20 anos de carreira discográfica.

Sé conta com várias iniciativas
Percursos culturais, sessões de treino para a grande largada de balões de S. João, oficinas de balões e uma inauguração da base para o lançamento aéreo dos balões. São estas algumas das iniciativas neste local da cidade até ao dia 24 de junho.

A festa faz-se nos Aliados
Quem quiser assistir aos principais espetáculos comemorativos do S. João não pode deixar de se deslocar à avenida dos Aliados, bem no coração da cidade. É aqui que haverá concertos na véspera e na noite de S. João. A festa só acaba de madrugada, com o nascer do sol.

Rua das artes tem inaugurações
Amanhã, o quarteirão da Miguel Bombarda recebe várias inaugurações simultâneas e completamente gratuitas. Ao longo da tarde, o público é convidado a visitar as novas exposições de arte contemporânea nas várias galerias. Haverá ainda visitas guiadas.

Regata de Barcos Rabelos
No feriado de S. João realiza-se a XXXIV Regata de Barcos Rabelos. A iniciativa arranca às 15h00 no Cabedelo, junto à foz do rio, e prolonga-se até à ponte D. Luís I. No total, participam nove embarcações. 

Rusgas saem à rua no dia 25
O programa das festas da cidade encerrará com as tradicionais rusgas de S. João, num desfile que envolverá sete grupos em representação de cada uma das freguesias do Porto. O desfile será realizado entre a praça da Batalha e a praça General Humberto Delgado, local onde decorrerá a exibição obrigatória perante a bancada do júri. As sete rusgas saem à rua no dia 25, às 18h00. São avaliados os trajes, o cenário, a música e coreografia.

Ponte D. Luís com o tradicional fogo de artifício
Quando o relógio marcar a meia-noite, de 23 para 24, a ponte D. Luís I ilumina-se para um espetáculo único de fogo de artifício. Milhares de pessoas irão estar a assistir em ambas as margens do rio, tanto do lado de Vila Nova de Gaia como do lado do Porto. O fogo será lançado tanto do tabuleiro inferior como do superior e até de algumas embarcações.

Rotunda da Boavista com muita animação
Não é só a roda gigante que é a atração na rotunda da Boavista. Quem visitar esta zona, até dia 25, encontra vários divertimentos, carrosséis, comidas típicas de feira como pipocas e algodão doces, assim como artesanato.

Corrida de S. João no Jardim do Cálem
É já no domingo, às 10h00, que se realiza a 18.ª edição da Corrida de S. João. A partida e a chegada realizam-se no Jardim do Cálem. A prova principal tem 15 km e a caminhada oito. O objetivo é festejar a quadra de forma saudável.

Zambujo no Coliseu
‘Até Pensei Que Fosse Minha’ é o sétimo álbum de estúdio editado por António Zambujo, que atua hoje à noite no Coliseu do Porto. Este é um disco especial, de tributo a Chico Buarque, que é agora apresentado ao vivo numa digressão, que além das duas dezenas de espetáculos em Portugal, vai ainda passar por Espanha, França e Reino Unido.

Ribeira é o local de eleição
As ribeiras do Porto e de Vila Nova de Gaia são os dois locais de eleição para quem não quiser perder pitada da noite mais longa do ano. É aqui que se concentram milhares de pessoas.

Palácio de Cristal tem festival de Circo
Já este domingo, a avenida das Tílias, nos jardins do Palácio de Cristal, vai receber o Trengo - Festival de Circo. Destaque para o espetáculo das 17h00 com acrobacias aéreas, trapézio e malabarismo com os Tótil Trengos.

Nas festas de S. João, Braga  vive tradições da idade média
Ao contrário do Porto, que faz uma festa em cada bairro, Braga celebra o S. João numa única festa  que envolve toda a cidade. Há, como em todo lado, fogueiras, arraiais, manjericos, alhos-porros e martelinhos, mas o que mais encanta, na cidade dos arcebispos, são os quadros bíblicos da Ponte e as tradições medievais dos carros das ervas, dos pastores e do Rei David.

Quanto aos quadros bíblicos, no rio Este, é apresentado S. João a batizar Cristo de um lado e S. Cristóvão com o Menino aos ombros, do outro. Já no que aos carros diz respeito, há cortejo e atuações no dia 24, logo pela manhã. A abrir vai o carro das ervas, espalhando cheiros agradáveis pelas ruas. Segue-se o carro do Rei David, em que é apresentada uma original dança palaciana.

O cortejo é fechado pelo carro dos pastores, uma espécie de palco em que duas dezenas de crianças cantam e representam episódios da vida de S. João. As atuações atraem milhares de pessoas. 
Porto Invicta festas populares são joão santos populares festa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)