Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
1

Primal Scream: o passado do rock no Porto

Grupo mítico dos anos 80 e 90 regressa a Portugal para reviver mais de três décadas de carreira.
Miguel Azevedo 4 de Novembro de 2019 às 17:00
Primal Scream
Primal Scream FOTO: Pedro Simões
"O rock é uma boa razão para nos mantermos vivos." A frase é de Bobby Gillespie, o carismático líder dos Primal Scream, uma das mais emblemáticas bandas do movimento rock alternativo nos anos 80 e 90. O grupo, que já teve os seus tempos áureos, é certo, e que já este ano passou pelo Festival Alive, volta a Portugal, dia 6 deste mês, ao Hard Club, no Porto, para um reencontro com os fãs portugueses.

O mote deste regresso está relacionado com o lançamento da retrospetiva ‘Maximum Rock ‘n’ Roll – The Singles’, que mais não é do que uma celebração ao vivo das mais de três década de carreira do grupo. Formados como um duo no ano de 1982 em Glasgow, na Escócia, por Bobby Gillespie (antigo baterista do The Jesus and Mary Chain) e Jim Beattie, os Primal Scream gravaram o primeiro disco, ‘Sonic Flower Groove’, nesse ano, mas foi nos dois anos seguintes que lançariam os dois trabalhos mais emblemáticos de toda a carreira, o homónimo ‘Primal Scream’ (1989) e ‘Screamadelica’ (1991).

Este último foi, aliás, o primeiro álbum da banda a ser um sucesso comercial, chegando a número oito na tabela de álbuns do Reino Unido. Apontado como um dos melhores álbuns dos anos 90, ganhou o primeiro Mercury Music Prize em 1992 e vendeu mais de três milhões de cópias em todo o Mundo.

Com uma sonoridade nova para a época, misturava acid house com o rock alternativo, coros gospel e muito da psicodelia pop e da música rave. Hoje bem mais afastados das atenções, os Primal Scream vivem muito do que conquistaram no passado, mas ouvi-los ao vivo é sempre reviver o que de melhor o rock já nos deu.
Bobby Gillespie Primal Scream Portugal Porto Hard Club artes cultura e entretenimento entretenimento (geral)
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)