Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
3

Siga estes conselhos para que o seu animal de estimação tenha um verão perfeito

O calor pode ser inimigo do seu cão ou gato.
Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 21 de Agosto de 2019 às 16:00
Cão
Cão
Cão
Cão
Cão
Cão
Com o verão e o calor, os animais requerem uma atenção especial. Siga estes conselhos para garantir que a estação mais quente do ano é passada sem sobressaltos.

De imediato, nunca lhes deve faltar água. Deve estar sempre limpa e fresca e mantida a circulação do ar no local onde o animal se encontra. A paixão que os cães manifestam pela água pode fazer com que mergulhem em rios ou piscinas. Esteja atento, pois o risco de se afogarem é grande.

Se tem um ar condicionado, não permita que o seu animal se deite em plena corrente de ar. Pode correr o risco de sofrer com as mudanças bruscas de temperatura.

Garantir sempre a existência de uma sombra no local de permanência do animal é obrigatório, bem como é aconselhável que o seu companheiro não pratique exercício ou qualquer esforço durante as horas em que o calor mais aperta. Para diminuir a temperatura da pele é eficaz pulverizar água sobre o pelo.

Em viagem deve manter as janelas um pouco abertas ou o ar condicionado ligado e parar com alguma regularidade para que o animal possa beber água.

Atenção à insolação
A hipertermia ou insolação manifesta-se pelo aumento da frequência respiratória, com uma evolução para a falta de ar e presença de mucosas arroxeadas, uma consequência do aumento da temperatura do corpo.

É necessário manter o animal hidratado. Atenção especial às raças braquicefálicas, como a boxer e buldogue, e aos cães de pelo longo ou aqueles que provêm de climas frios.
ambiente interesse humano animais meteorologia questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)