Barra Cofina

Correio da Manhã

C Studio
7
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Astúrias: uma costa única

Plantadas à beira do mar Cantábrico existem localidades e paisagens montanhosas cuja beleza fascina turistas, artistas, cineastas e fotógrafos. A gastronomia e as praias aumentam ainda mais a excelência da zona costeira da região.
2 de Novembro de 2019 às 08:37

As Astúrias têm a costa mais bem preservada de Espanha. Um estudo da Greenpeace indica-o; os habitantes locais ou quem a visita confirmam-no. Os 401 quilómetros da costa do Principado virados para o mar Cantábrico são de uma beleza extraordinária e o "casamento" entre a montanha e a água torna-a única. Algo que também faz desta região singular são as mais de 200 praias, as pequenas localidades, os miradouros, os faróis ou as pegadas de dinossauros, que se podem encontrar entre Gijón/Xixón e Ribadesella.



Um excelente local onde se pode apreciar a deslumbrante paisagem natural da costa asturiana é em Bufones de Pría, no município de Llanes, onde o mar bate contra os penhascos num espetáculo digno de se ver. Em dias de forte ondulação registam-se jatos de água que atingem grande altura. Para visitar estas falésias, pode deixar o carro em Llames de Pría e depois calcorrear ao local. Há também uma rota, com início e fim em Llames, de baixa dificuldade e que tem uma duração de quatro horas.

Outra paisagem que deixa boquiaberto é o cabo Peñas, no ponto mais setentrional do Principado, no município de Gozón. Paisagem protegida, surpreende pelas suas falésias, que em alguns locais têm 100 metros de altura, criando um cenário de beleza incomparável, mas também pela fauna e flora. Neste espaço de enorme valor natural há ainda um farol (existe uma rota de faróis nas Astúrias), em funcionamento desde 1852 que alberga um museu. O cabo Peñas está localizado entre Avilés e Gijón/Xixón, e tem também praias de sonho como a de Xagó ou Verdicio.

Outra praia paradisíaca é Gulpiyuri. É, no mínimo, diferente, pois é interior e não tem qualquer ligação direta ao mar, que está uns metros abaixo. Não obstante, é formada por água salgada e areia branca, embora na maré alta esta quase desapareça. Gulpiyuri, no município de Llanes, é uma das muitas praias espetaculares que existem nas Astúrias.


Terras sem igual

Também em Llanes, os turistas ficam encantados com o centro histórico, com os palácios, com a Basílica de Santa María del Conceyu, com as lojas e com os restaurantes ou siderías. Some-se o casino, a torre medieval, o paseo de San Pedro, los Cubos de la Memoria, a praia de Sablón, o farol ou o porto, que fazem desta vila de pescadores uma das mais bonitas e bem conservadas do Norte da Península Ibérica. Aconselha-se ainda a fazer uma das várias rotas que estão disponíveis na área - El Camín Encantau, la senda costera de Llanes a Celorio ou Ídolo de Peña Tú são alguns exemplos.

Por sua vez, em Llastres pode apreciar-se igualmente um centro com muita história, ruas bonitas, o Museo del Jurásico, palácios e casas com brasões que se misturam com o edificado simples de pescadores. Considerada uma das mais belas localidades de Espanha, é o sítio ideal para apreciar bom pescado e marisco. Do miradouro de San Roque é possível ter uma vista panorâmica de Llastres, das suas praias, dos Picos da Europa e perceber o motivo por que é um dos lugares mais fotografados e filmados nas Astúrias.


Viavélez é a terra natal de Corín Tellado, autora de língua castelhana que mais vendeu depois de Miguel de Cervantes. Conhecer a casa da escritora de novelas e romances de cordel é um dos programas que tem de fazer. Após o banho de cultura deve também conhecer as ruas, o porto e o miradouro de El Porto, com vistas belíssimas do litoral. Luarca, Luanco, entre outras localidades, merecem igualmente uma visita, fazendo parte de uma lista de 18 povoados deslumbrantes e imperdíveis.

Incontornável é uma visita a Cudillero, onde a disposição das suas coloridas casas faz lembrar um anfiteatro. Um espetáculo! Também se deve visitar o porto, o farol e o Palácio Selgas, do século XIX, conhecido como o Palácio de Versalhes asturiano. Pode ouvir falar "pixueto", um dialeto local usado outrora pelos seus pescadores. Os habitantes locais também são ocasionalmente chamados "pixuetos". Não saia de Cudillero sem provar a gastronomia local nos terraços do porto.

Localidade atraente no leste das Astúrias é Ribadesella, famosa por ser o enclave onde está localizada a caverna pré-histórica de Tito Bustillo. É Património Mundial da UNESCO pela importância das pinturas, gravuras e outras manifestações de arte rupestre. Mais: perto desta caverna existe o Centro de Arte Rupestre Tito Bustillo, com uma exposição permanente sobre este conjunto artístico. Em Ribadesella e no seu estuário deve ainda passear a pé pelo centro histórico, junto ao rio Sella ou às praias, e fazer a Rota dos Dinossauros em Punta’l pozu.

Igualmente bela é Castropol, que junta o melhor de vários "mundos": ria, mar, costa e montanha. Um passeio de barco, onde pode apreciar a fauna e a flora, é um excelente programa. Assim como o é ir ao centro, degustar a deliciosa gastronomia local ou percorrer o vale do Obanza e a cachoeira de Cioyo. Castropol é também conhecida por ser um local perfeito para fazer atividades desportivas como pesca, passeios de canoa, windsurf, paddle, vela ou surf.

Na crista da onda… ou num mar mais relaxado

Para quem gosta de cavalgar nas ondas, a região asturiana tem as praias ideais. Já não estamos nos meses quentes, mas os verdadeiros surfistas entram no mar durante todo o ano. Peñarronda e praia Grande - na zona ocidental -, Salinas, El Espartal e San Lorenzo - na zona central - e praias España, Rodiles e Vega - na zona oriental - têm ondas de grande qualidade e alguns dos melhores areais. Mas há outros spots, tais como Frexulfe, Xagó ou Gijón/Xixón, sem esquecer Tapia de Casariego, a meca do surf no Norte de Espanha, sobretudo na praia doAnguileiro, acostumada a acolher provas internacionais.

Além do surf, também encontra na região as condições perfeitas para fazer windsurf, kitesurf e paddle surf que fazem as delícias dos mais irrequietos. Para quem é apaixonado pela água, mas não especificamente por estes desportos, a costa do Principado oferece atividades mais relaxadas como vela ligeira, caiaque de mar e pesca nas suas diferentes modalidades, sendo possível alugar embarcações e equipamentos. Pode ainda desfrutar-se do surpreendente fundo do mar nas Astúrias, dado que é possível fazer mergulho em qualquer época do ano.

Tudo sobre as Astúrias em: www.turismoasturias.pt