Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
7
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Produtor Europeu do Ano é português

Este ano, a casa foi eleita produtor europeu do ano pelo Sommelier Wine Awards (SWA), que se realiza anualmente em Inglaterra.
17 de Setembro de 2019 às 15:05

Desde 1999, os vinhos da Casa Ermelinda Freitas angariaram mais de 1.000 prémios nacionais e internacionais, com 386 medalhas de ouro, 426 de prata e 232 de bronze.

 

Já este ano, a casa foi eleita Produtor Europeu do Ano pelo Sommelier Wine Awards (SWA), que se realiza todos os anos em Inglaterra. Apesar de o prémio ter sido já atribuído ao vinho da Madeira, esta é a primeira vez que a escolha recai sobre um produtor de vinhos tranquilos português.

 

Trata-se do principal concurso de vinhos direcionado para o canal Horeca do Reino Unido e o seu júri é composto por alguns dos mais conceituados escanções do mundo. Motivos mais do que suficientes para o prémio ser visto como um reconhecimento muito importante para a expansão da marca, para o reforço da sua presença nos mercados externos e como forma de chegar a novos potenciais clientes e mercados.

 

Ao mesmo tempo, a Casa Ermelinda Freitas obteve também o prémio mais alto atribuído pela Federação Internacional de Jornalistas de Vinhos e Bebidas Espirituosas (FIJEV) no concurso Citadelles du Vin, em Bordéus, França, com o seu vinho Vinha da Fonte Reserva 2016.

 

Contas feitas, o ano de 2019 não podia estar a correr melhor para a Casa Ermelinda Freitas que, até à data, já conquistou 158 prémios, entre os quais: 9 medalhas de Grande Ouro, 88 medalhas de ouro e 48 medalhas de prata.

 

Leonor Freitas, sócia-gerente da Casa Ermelinda Freitas, considera que "um dos prémios mais icónicos de sempre foi a eleição do Melhor Vinho do Mundo com o Casa Ermelinda Freitas Syrah 2005, no ano de 2008 no mundialmente famoso concurso Vinalies Internationales", mas fala também na distinção do CEF Espumante Bruto Branco considerado um dos 50 Melhores Espumantes do Mundo de 2019 e no Prémio Nacional de Agricultura na Categoria de Empresas.