Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
2
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Oradores acompanham a realidade portuguesa

Iniciativa da SCML vai ao encontro das preocupações da União Europeia.
18 de Fevereiro de 2021 às 08:55
O poder local tem de se responder rapidamente às questões ligadas ao envelhecimento da sua população
Na capital, foram implementadas várias soluções inovadoras ligadas à mobilidade e ao espaço público
Na marcha da SCML participam várias gerações. É um exemplo de integração dos mais velhos na comunidade
O poder local tem de se responder rapidamente às questões ligadas ao envelhecimento da sua população
Na capital, foram implementadas várias soluções inovadoras ligadas à mobilidade e ao espaço público
Na marcha da SCML participam várias gerações. É um exemplo de integração dos mais velhos na comunidade
O poder local tem de se responder rapidamente às questões ligadas ao envelhecimento da sua população
Na capital, foram implementadas várias soluções inovadoras ligadas à mobilidade e ao espaço público
Na marcha da SCML participam várias gerações. É um exemplo de integração dos mais velhos na comunidade

A terceira edição do Simpósio Interações surge num momento em que a União Europeia está a procurar lançar um amplo debate público sobre as alterações demográficas com que nos deparamos, que terá como resultado o ‘Livro Verde para o Envelhecimento’. Por essa razão, "importa, mais do que nunca, contribuir para a reflexão e discussão sobre os diversos temas e desafios que se colocam à construção de uma ‘sociedade para todas as idades’", afirma Mário Rui André, Diretor da Unidade Missão da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa no âmbito do programa ‘Lisboa Cidade de Todas as Idades’

"Todos os oradores e convidados do nosso simpósio estão, de algum modo, relacionados com a temática da longevidade e do envelhecimento na sua atividade académica ou profissional", frisa. De acordo com o responsável, entre estes oradores contam-se "alguns especialistas internacionais que já tiveram contacto com a nossa realidade", como é o caso do arquiteto Victor Regnier ou os sociólogos Costanzo Ranci e Christopher Phillipson.

O diretor da Unidade Missão da SCML chama ainda a atenção para alguns nomes que vão estar presentes nas próximas sessões: "o professor Jorge Torgal, a  médica Vitória Cunha (com a experiência da hospitalização ao domicílio), Ricardo Rodrigues (do European Centre for Social Welfare Policy and Research), Alfonso Montero (European Social Network), Pilar Solenes (um exemplo internacional), bem como  a experiência das associações da economia social, com a participação  de  Manuel  Lemos,  Padre Lino Maia e de Rita Valadas". Até ao momento, já estão inscritas nas diversas sessões do simpósio cerca de 850 pessoas.

Todas as pessoas interessadas em refletir sobre o tema da longevidade e envelhecimento no nosso país se podem inscrever gratuitamente nas sessões online do Simpósio InterAções, através do site da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. As sessões já realizadas estão disponíveis no YouTube. Para assistir, basta procurar por Simpósio InterAções.