Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Mútua dos Pescadores, um porto seguro

A Cooperativa de Seguros Portuguesa trabalha há décadas para as comunidades piscatórias. É também uma seguradora de referência de outras atividades marítimas e terrestres
25 de Julho de 2019 às 18:25

A Mútua dos Pescadores nasceu em 1942, acumulando até hoje décadas de experiência e liderança nos seguros para a pesca, uma das atividades de maior risco. Em 2000, abriu portas a outras atividades marítimas, tornando-se também aqui uma seguradora de referência e líder de mercado das atividades marítimo-turísticas. Do mar para a terra, passou a disponibilizar ainda seguros de acidentes de trabalho, acidentes pessoais, incêndio e multirriscos, para particulares, empresas, voluntários, organizações do setor cooperativo e social, entidades públicas, entre outros.

Na qualidade de único segurador português sob a forma de cooperativa de utentes de seguros, a responsabilidade que assume é de trabalhar com sentido de serviço às comunidades, em todos os setores em que intervém, com melhores condições de qualidade e preço, com base na reciprocidade e na mutualização dos riscos.

Este é o "código genético" da Mútua, que tem ainda como objetivo crescer enquanto cooperativa, desafiando por um lado os cooperadores a uma participação mais ativa em 2019, e os clientes e beneficiários que ainda não são cooperadores a tornarem-se membros efetivos. Contribuindo desta forma para o reforço do setor cooperativo.

Pesca

A Mútua dos Pescadores continua a afirmar-se como o porto seguro para as comunidades piscatórias, estando ao lado do setor, das suas organizações e instituições. Partilha das suas preocupações e intervém nos mais diversos fóruns, cumprindo a sua responsabilidade para que o reconhecimento do papel dos profissionais da pesca na economia e sociedade se reflita na melhoria das condições de trabalho e de segurança, e na dignificação da profissão.

Neste sentido está a organizar, em parceria com a Câmara Municipal de Sesimbra, um Encontro sobre as Pescas, no dia 16 de novembro, no Cineteatro João Mota, contando com a presença das diversas organizações e entidades ligadas ao setor, para em conjunto refletir sobre os principais problemas e desafios que o setor enfrenta, no âmbito das comemorações do Dia Nacional do Mar que se assinala nesse dia.