Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
6
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

O Velho e o Mar

Plantado à beira-mar e com o mar no sabor de cada prato, este restaurante merece a sua visita
25 de Julho de 2019 às 18:09
À entrada do restaurante pode comprovar a qualidade da matéria prima que é servida
José Filipe, gerente do Velho e o Mar
Prato de Polvo assado no forno com batata doce caramelizada com aniz estrelado e cebolinhas em balsâmico
As sobremesas são obrigatórias no Velho e o Mar
À entrada do restaurante pode comprovar a qualidade da matéria prima que é servida
José Filipe, gerente do Velho e o Mar
Prato de Polvo assado no forno com batata doce caramelizada com aniz estrelado e cebolinhas em balsâmico
As sobremesas são obrigatórias no Velho e o Mar
À entrada do restaurante pode comprovar a qualidade da matéria prima que é servida
José Filipe, gerente do Velho e o Mar
Prato de Polvo assado no forno com batata doce caramelizada com aniz estrelado e cebolinhas em balsâmico
As sobremesas são obrigatórias no Velho e o Mar

O nome remete-nos para a obra internacional de Ernest Hemingway, mas, em Sesimbra, O Velho e o Mar tem conotação bem portuguesa. Junto ao mar, com o Forte de Sesimbra e a zona histórica como envolvência, o restaurante traz o sabor do oceano pelas mãos de uma família de pescadores até ao prato de quem os visita.

Há 15 anos a receber turistas e locais, a carta do restaurante destaca-se sobretudo pela grande variedade de marisco e de peixe nas mais diversas formas, pescados maioritariamente na costa de Sesimbra, o que garante a frescura que transborda em cada prato. Consegue imaginar melhor cenário que um bom arroz de marisco com lagosta saboreado à beira-mar? As caldeiradas são, também, especialidade da casa. Isto, claro, sempre acompanhado por uma ampla seleção de vinhos adequados a cada prato.

O Velho e o Mar é uma referência na restauração sesimbrense, com cerca de 150 pessoas por dia a escolherem o aconchego do restaurante para uma refeição. Ao fim de semana, o número aumenta. A qualidade da comida, a proximidade com o mar e a atenção dos funcionários faz com que muitos fixem a morada d’O Velho e o Mar para um regresso.

É que a cor do marisco, o cheiro do peixe grelhado e a fusão entre rústico e contemporâneo do espaço envolvem os visitantes e fazem com que se sintam em casa, ali mesmo junto ao mar.