Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
7
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Salário mínimo para prestadores de serviços fixado em 900 euros

As políticas de dignidade laboral são uma das prioridades do Taguspark.
17 de Agosto de 2020 às 14:54

O salário mínimo para os trabalhadores que prestam serviços no Taguspark foi fixado em 900 euros e vai até aos 1200 euros. A medida que se encontra em vigor desde junho, ao abrigo de uma nova política de remunerações definida para o parque de ciência e tecnologia, permite aos trabalhadores que prestam serviços de limpeza e jardinagem no parque, por conta de empresas terceiras, passarem a auferir um salário mínimo de 900 euros e que vai até aos 1200 euros. O valor representa uma valorização de 41,7% face ao salário mínimo nacional atualmente em vigor.

Esta política enquadra-se no objetivo de tornar o Taguspark no Parque Mais Cívico da Europa e tem por objetivo implementar uma política de dignidade salarial para com aqueles que diariamente prestam serviços por conta de outrem nas instalações do parque. Garantindo assim salários que reconheçam o bom trabalho, fomentem a motivação e contribuam para condições de vida com maior felicidade e dignidade.

O processo teve por base uma negociação com as entidades prestadoras destes serviços, a quem o Taguspark paga um valor mensal pela prestação dos mesmos.

Taguspark