Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
4
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Sabia que o dentista pode ajudar a prevenir o enfarte e o AVC?

Bactérias associadas à periodontite são perigosas. É importante haver sempre acompanhamento dentário
3 de Março de 2020 às 07:00


Redigido por Dr. Paulo Moreira (OMD11700), médico dentista com formação em implantologia no Trofa Saúde Hospital em Barcelos
O Trofa Saúde Hospital está a inaugurar a sua mais recente unidade, localizada mesmo no centro da cidade de Barcelos, a qual contará com uma equipa de excelência nas diversas áreas médicas. No âmbito da medicina dentária dispomos de uma equipa altamente qualificada e diferenciada em todas as especialidades, entre as quais: implantologia, cirurgia oral, ortodontia, odontopediatria, prostodontia, periodontologia, endodontia, estética e clínica geral, para além de todos os serviços para exames complementares, como imagiológicos e laboratoriais, com a finalidade de reunirmos todo o atendimento necessário num só local, de forma ágil, eficiente e assertiva.

Qual a importância de um médico dentista na sua vida?
O dentista é o responsável por restaurar, extrair e limpar os dentes. Ajuda a corrigir, também, a posição inadequada dos dentes e dos ossos maxilares.
Podemos dizer que os tratamentos dentários realizados por estes profissionais se centram tanto na restauração dos dentes como na estética.
Pois, para além de cuidarem dos nossos dentes, melhoram o nosso bem-estar.

As consultas devem fazer parte da sua rotina
O número de visitas ao dentista varia de pessoa para pessoa. Normalmente, o tempo ideal é de seis em seis meses para realizar a avaliação e a limpeza. Se não houver cuidados de higienização e acompanhamento dentário, fica-se sujeito a algumas doenças. Entre as quais: cárie, doença periodontal e até mesmo cancro da boca.

Cuidar da saúde oral é cuidar da saúde em geral Doentes com problemas crónicos como gengivite ou doença periodontal avançada têm maior risco de desenvolver doença cardíaca provocada por saúde oral precária, principalmente se não for diagnosticada e não for tratada. As bactérias associadas à periodontite estão na boca e podem entrar na corrente sanguínea em que se fixam aos vasos sanguíneos e aumentam o risco de doença cardiovascular. Mesmo sem ter inflamação aparente na gengiva, a higiene oral inadequada e a placa bacteriana acumulada podem resultar em doença periodontal. A bactéria também pode migrar para a corrente sanguínea aumentando o nível de proteína C reativa, que é indicadora de inflamação dos vasos sanguíneos, o que pode aumentar o risco de doença cardíaca e AVC.

Sintomas e sinais de doença periodontal:
• Gengivas vermelhas, inchadas ou doridas ao toque;
• Gengivas que sangram ao comer, escovar ou com o uso de fio dental;
• Existência de pus ou outros sinais de infeção à volta da gengiva e dos dentes;
• Gengiva a ficar afastada dos dentes;
• Mau hálito frequentemente ou gosto ruim na boca;
• Dentes moles ou a ficar afastados de outros dentes.

Medidas de prevenção
Uma boa higiene oral e exames regulares são a melhor forma de proteção contra o desenvolvimento da doença periodontal. Recomenda-se escovar os dentes três vezes por dia com escova de cerdas macias e cabeça pequena para que alcance todas as superfícies dentárias adequadamente. Também deve ser utilizado fio dentário diariamente e visitas regulares ao dentista para fazer limpezas.
Com uma atitude proativa em relação à sua saúde oral, pode proteger-se da doença cardíaca relacionada com a saúde oral e manter seu sorriso saudável, limpo e bonito todos os dias.
Conheça a nossa unidade, faça uma consulta de avaliação com os nossos especialistas e tenha um atendimento diferenciado, de qualidade e de acordo com as suas necessidades individuais.