Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Tudo parou: André teve que se agarrar à vontade de viver

Aos 26 anos, André Almeida, agora com 33, sofreu um acidente de viação em motociclo. Deste acidente resultou o pior: traumatismo vertebro medular e quadro de tetraplegia. A Fidelidade, através do seu compromisso WeCare, tem-no apoiado na sua reabilitação física e reintegração profissional.
19 de Maio de 2023 às 15:44

Foi no dia 26 de junho de 2016 que André saiu para o trabalho sem ideia do que se sucederia momentos mais tarde. Até à data, vivia com a namorada, frequentava o curso de engenharia eletromecânica no Instituto Politécnico de Setúbal e trabalhava numa empresa de grande dimensão.

Mas… tudo mudou. Após o internamento de 5 meses no Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, André teve que passar a viver com a mãe e com a irmã numa habitação arrendada no concelho de Sintra onde recebeu apoio domiciliário.




“ (…) Depois de um ano de uma lesão destas, é praticamente impossível voltar a estudar. É preciso uma grande ajuda nesse processo. Neste caso, foi a Fidelidade com o gabinete WeCare. Proporcionaram-me todo o apoio para poder voltar a fazê-lo.”


O WeCare é um apoio integrado à recuperação da vida de pessoas que sofreram acidentes de trabalho graves, com um gabinete próprio na Fidelidade. O acompanhamento ao sinistrado é feito de forma personalizada, fruto de um trabalho de equipas multidisciplinares, com psicólogos e assistentes sociais, que têm competências técnicas para trabalhar com os grandes sinistros.

No que toca à retoma da vida ativa, a Fidelidade ajudou a torná-la possível. André voltou à Universidade. Retomou os estudos com sucesso e está prestes a concluir o curso de Engenharia Eletromecânica.