Correio da Manhã

Médico Gentil Martins chama "estupor moral" a Ronaldo, por ter filhos sem mãe
Foto Direitos Reservados
CR7 com Cristianinho, Eva e Mateo
Foto Marisa Cardoso
O médico cirurgião Gentil Martins
Foto Direitos Reservados
Futebolista com a namorada e o filho Mateo
Foto Instagram
Cristiano Ronaldo com os gémeos
Por J.C.M. | 15:44
  • Partilhe
Cirurgião culpa Dolores Aveiro por não ter dado educação ao filho.

Aos 87 anos, um dos mais reputados cirurgiões portugueses mantém a língua afiada. Gentil Martins, que se destacou por ser pioneiro nas cirurgias de separação de gémeos e foi também o impulsionador da primeira unidade de cuidados oncológicos para crianças (criada no IPO de Lisboa) deu uma entrevista este sábado à revista do Expresso, em que fala de Cristiano Ronaldo num tom muito pouco abonatório.

Perguntado sobre a hipótese de um homem solteiro ter filhos recorrendo a uma barriga de aluguer, como foi o caso de Ronaldo, Gentil Martins disparou: "Considero um crime grave. É degradante, uma tristeza. O Ronaldo é um excelente atleta, tem imenso mérito, mas é um estupor moral, não pode ser exemplo para ninguém".

E responsabiliza Dolores Aveiro: "Toda a gente tem direito a ter mãe. Mais: Penso que uma das grandes culpadas disto é a mãe dele. Aquela senhora não lhe deu educação nenhuma".


Na entrevista, o médico também deixa bem vincada a sua opinião sobre a homossexualidade. "Não vou tratar mal uma pessoa porque é homossexual, mas não aceito promovê-la. Se me perguntarem se é correto? Acho que não. É uma anomalia, é um desvio da personalidade. Como os sadomasoquistas ou as pessoas que se mutilam".

Não admira, por isso, que Gentil Martins ache inadmissível o casamento gay. "Sou totalmente contra. E contra o aborto, também".

As opiniões fortes de Gentil Martins já correm pelas redes sociais, despertando reações inflamadas de apoio e repugnâncias às palavras do médico.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE