8,1 mil milhões para projectos de investigação e inovação

A Comissão Europeia anunciou esta segunda-feira o maior pacote de sempre de convites à apresentação de propostas no domínio da investigação e inovação, tendo reservados 8,1 mil milhões de euros para projectos que espera que criem postos de trabalho.
09.07.12
  • partilhe
  • 0
  • +
8,1 mil milhões para projectos de investigação e inovação
O financiamento é aberto a organizações e empresas de todos os Estados-Membros e países parceiros Foto Pedro Mar

Apontando que este anúncio "acontece poucos dias depois de os líderes da União Europeia (UE) terem sublinhado a importância da investigação e da inovação no Pacto para o Crescimento e o Emprego", o que sucedeu na cimeira de 28 e 29 de Junho último, a Comissão indicou esta segunda-feira que a maior parte dos convites à apresentação de propostas será publicada na terça-feira, seguindo-se outros mais específicos, no Outono.

Ao todo, indica o executivo comunitário, estão disponíveis 8,1 mil milhões de euros que "irão apoiar projectos e ideias destinados a dinamizar a competitividade da Europa e responder a desafios em áreas como a saúde humana e a protecção do ambiente, bem como a encontrar novas soluções para os problemas cada vez mais prementes associados à urbanização e à gestão dos resíduos".

O financiamento, aberto a organizações e empresas de todos os Estados-Membros e países parceiros, representa o grosso do orçamento de 10,8 mil milhões de euros que a UE se propõe dedicar à investigação em 2013, fazendo já a ponte com o programa Horizonte 2020, o próximo programa de financiamento à investigação da UE para o período 2014-2020.

Segundo Bruxelas, espera-se que os 8,1 mil milhões de euros venham a dinamizar investimento público e privado da ordem dos 6 mil milhões de euros em investigação, aumentar a curto prazo o emprego no equivalente a 210 mil novos postos de trabalho e, num horizonte de 15 anos, gerar crescimento adicional de 75 mil milhões.

O sétimo programa-quadro de investigação, lançado em 2007 tem uma dotação total de 55 mil milhões de euros para investigação e inovação, tendo até à data apoiado cerca de 19 mil projectos que envolveram mais de 79 000 participantes (universidades, centros de investigação e empresas) de todos os Estados-Membros da UE, com um investimento que já atingiu 25,3 mil milhões de euros.

Até 2013, estima-se que o sétimo programa-quadro tenha apoiado a carreira de cerca de 55 mil investigadores.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
1 Comentário
  • De Armando Rito09.07.12
    Dentro da UE vamos fazer trabalho de laboratório, depois mandamos fazer aos Chineses!
    Responder
     
     2
    !