Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

14 mortos em atentado na Síria

O regime liderado pelo Presidente sírio Bashar al-Assad acusa os movimentos rebeldes pela explosão de carro armadilhado.
18 de Abril de 2014 às 18:21

Pelo menos 14 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas esta sexta-feira na explosão de um carro armadilhado na cidade de Homs, na região centro da Síria, divulgou a agência estatal Sana.

A viatura explodiu perto de uma mesquita e de um posto das forças de segurança. Entre as vítimas mortais constam mulheres e crianças, indicou a agência estatal síria, que responsabiliza os "terroristas" pelo ataque. A explosão provocou significativos danos materiais em casas e nas lojas de comércio localizadas perto do local do atentado, bem como nos veículos que se encontravam nas imediações.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), com sede em Londres, também confirmou o atentado e a existência de pelo menos nove mortos. A organização admitiu, no entanto, que o número de vítimas mortais pode aumentar devido à gravidade de muitos feridos.

O OSDH informou que a explosão ocorreu perto da mesquita de Belal al-Habashi, na altura em que os fiéis dirigiam-se para o templo para a oração do meio-dia de sexta-feira (dia sagrado para os muçulmanos).

mortos atentado Síria Presidente sírio Bashar al-Assad movimentos rebeldes explosão carro armadilhado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)