Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

UGT exige reposição das 35 horas semanais para toda a função pública

Carlos Silva referiu que esta "não é uma ameaça velada ou explícita" que deixa ao Governo.
Lusa 1 de Maio de 2016 às 17:25
O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, nas comemorações do 1.º de Maio
O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, nas comemorações do 1.º de Maio FOTO: Nuno André Ferreira/Lusa

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, exigiu este domingo ao Governo que cumpra o compromisso da reposição das 35 horas de trabalho semanal para todos os trabalhadores da função pública, independentemente do seu vínculo laboral.

"Apelamos ao Governo da República para que, no próximo dia o1 de julho, cumpra o compromisso assumido com o país das 35 horas para todos os trabalhadores da administração pública, qualquer que seja o seu vínculo laboral. É uma exigência da central sindical", afirmou.

Durante as comemorações do Dia do Trabalhador da União Geral de Trabalhadores (UGT), que decorreram na cidade de Viseu, Carlos Silva referiu que esta "não é uma ameaça velada ou explícita" que deixa ao Governo, vincando a importância do diálogo ente o Governo e os sindicatos.

UGT Carlos Silva Governo Governo da República Dia do Trabalhador da União Geral Viseu trabalho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)