Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

PM admite "discrepâncias significativas" detetadas nas transferências para 'offshore'

Lusa 22 de Fevereiro de 2017 às 15:36

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje que o Governo detetou "discrepâncias significativas" nas transferências para paraísos fiscais ('offshore'), e asseverou que o executivo adotou "normas" e "acordos" para controlar situações como esta.

"Em 2015, o Governo ordenou que fosse verificado o que tinha acontecido quanto ao registo das operações entre 2011 e 2015 de transferências para 'offshore'", sublinhou o chefe do Governo, falando no debate quinzenal na Assembleia da República e respondendo a questões da coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins.

O executivo, concretizou Costa, verificou "discrepâncias significativas" em 20 operações feitas sem o tratamento da Autoridade Tributária, num montante de cerca de dez mil milhões de euros.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)