China proíbe por lei transferência forçada de tecnologia

Por Lusa|15.03.19
  • partilhe
  • 2
  • +

O órgão máximo legislativo da China proibiu hoje por lei que entidades governamentais forcem empresas estrangeiras a transferirem tecnologia, em troca de acesso ao mercado doméstico, uma questão-chave nas disputas comerciais com os Estados Unidos.

No encerramento da sessão anual da Assembleia Nacional Popular (ANP), 2.929 deputados votaram a favor da nova normativa, enquanto oito se opuseram e outros oito se abstiveram.

A ANP é o "supremo órgão do poder de Estado na China" e a "expressão máxima da democracia socialista", mas os seus cerca de 3.000 delegados não são eleitos por sufrágio direto e o "papel dirigente" do Partido Comunista Chinês (PCC) é "um princípio cardeal".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!