Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Projeto transfronteiriço para diagnóstico precoce de leucemia vai envolver 4 mil voluntários

Investigação financiada pela União Europeia em 1,15 milhões de euros é coordenada pela Fundação de Investigação do Cancro da Universidade de Salamanca.
Lusa 10 de Outubro de 2019 às 21:21
A doença do jovem de 20 anos foi diagnosticada em dezembro de 2013
A doença do jovem de 20 anos foi diagnosticada em dezembro de 2013 FOTO: Direitos Reservados

O projeto transfronteiriço de investigação e diagnóstico precoce de leucemia entre a região Centro de Portugal e a Região de Castela e Leão, em Espanha, vai envolver 4.000 voluntários selecionados de forma aleatória, foi hoje anunciado.

Na apresentação do projeto "IDIAL_NET - Rede Transfronteiriça de Inovação no Diagnóstico Precoce da Leucemia para um envelhecimento saudável", no auditório da Unidade de Alcoologia de Coimbra, o coordenador científico, Alberto Órfão, disse que a investigação vai envolver mil voluntários em Portugal e 3.000 em Espanha, que vão ser sujeitos a uma análise de sangue. 

A investigação, financiada pela União Europeia em 1,15 milhões de euros - no âmbito do programa INTERREG/POCTEP, é coordenado pela Fundação de Investigação do Cancro da Universidade de Salamanca (FICUS) e envolve a Universidade de Coimbra e a Administração Regional de Saúde do Centro.

Centro de Portugal Região de Castela Leão Alberto Órfão Espanha Portugal questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)