Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

40 anos/Timor-Leste: Despartidarização da luta e Santa Cruz foram momentos chave - Ramos-Horta

Lusa 19 de Novembro de 2015 às 03:00

A despartidarização da luta contra o invasor indonésio e o massacre no cemitério de Santa Cruz, com o aumento da pressão a nível internacional, foram para o ex-Presidente José Ramos-Horta momentos chave da luta pela libertação timorense.

Em entrevista à Lusa, por ocasião do 40.º aniversário da proclamação da independência de Timor-Leste, Ramos-Horta recordou ainda as dificuldades da falta de dinheiro nos primeiros anos em Nova Iorque, em que teve o apoio de Moçambique e Angola e como tudo mudou depois de lhe ter sido atribuído o Nobel da Paz, em 1996.

Para Ramos-Horta foi "importantíssimo" o facto de Xanana Gusmão ter revertido uma decisão anterior de radicalizar a Frente de Libertação do Timor-Leste Independente (Fretilin), retomando o conceito de "frente" e avançado com a despartidarização das Falintil, que se tornou o braço armado da resistência.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)