Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Quase 500 belgas querem ser 'jihadistas'

Governo refere combatentes e aqueles que o querem ser.
13 de Julho de 2016 às 14:00
Fallujah, no Iraque, é um dos destinos dos combatentes belgas
Fallujah, no Iraque, é um dos destinos dos combatentes belgas FOTO: Ahmed Saad/Reuters

O Ministério do Interior belga contabilizou 457 nacionais a combater na Síria ou no Iraque, ou que têm a intenção de o fazer, integrados em grupos 'jihadistas', sendo quase um terço mulheres e menores.

Segundo informações de uma cadeia de televisão flamenga, destes 457 combatentes estrangeiros, 266 estão na Síria ou no Iraque e 90 estão desaparecidos e provavelmente mortos.

Do total, 51 combatentes são mulheres e 38 são menores belgas, entre os quais 32 menores de 12 anos, de acordo com a mesma televisão VTM, tendo um porta-voz do Ministério do Interior dito hoje à agência France Presse que os números estão corretos, mas sem fazer mais comentários.

belgas combatentes daesh iraque jihadistas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)