Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

848 padres pedófilos foram expulsos da Igreja Católica em 10 anos

A Santa Sé divulgou esta terça-feira, pela primeira vez, estatísticas abrangentes sobre a excomunhão de padres acusados ??de abusar sexualmente de crianças.
6 de Maio de 2014 às 22:30

O Embaixador do Vaticano na Organização das Nações Unidas (ONU), Arcebispo Silvano Tomasi, disse que 848 sacerdotes foram excomungado por pedofilia nos últimos dez anos. Estes dados foram revelados em Genebra, durante uma audiência com o Comité das Nações Unidas contra a Tortura.

"Havia desde 2004 e ao final de 2013, 848 padres que foram demitidos do estado clerical e reduzidos para colocar o estado e várias centenas mais tinham recebido outros tipos de penalidades. Então, que, juntos, há cerca de 3.500 sacerdotes ", disse Tomasi.

O Vaticano afirmou que desenvolveu políticas de proteção à criança ao longo da última década e que os críticos da Igreja não devem ficar " fossilizados no passado", quando as atitudes eram diferentes. O embaixador da Santa Sé admitiu que a Igreja Católica Romana tinha encoberto no passado os padres que molestaram menores, mas que atualmente já não o fazem.

"A sociedade está viva, ela muda, evolui, e a Igreja faz o mesmo, de várias maneiras. A cultura da sociedade tem provocado mudanças na igreja e agora estamos num novo momento. Se se olhar para os factos de um modo justo, vê-se que muitas das medidas tomadas pela Santa Sé e por igrejas locais fazem parte dessa mudança e são eficazes no trabalho de prevenção do abuso sexual de menores, em particular, e de uma renovada atenção às vítimas de abusos cometidos no passado ", afirmou o Arcebispo Silvano Tomasi.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)