Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

"A literatura não permite conceber ilhas", diz vencedor do prémio Eduardo Costley-White (REPETIÇÃO)

Lusa 13 de Março de 2017 às 08:45

O escritor moçambicano Lucílio Manjate, que venceu hoje o Prémio Literário Eduardo Costley-White, da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), disse à agência Lusa que "a literatura não permite conceber ilhas", destacando a importância do galardão.

O prémio tem "o condão de divulgar e promover escritores que dificilmente poderiam ver o seu trabalho reconhecido no espaço da língua portuguesa e não só, pois estamos a falar de escritores oriundos de países que, infelizmente, ainda se defrontam com dificuldades de publicação e divulgação capazes de os colocar no mercado internacional", disse Lucílio Manjate, em declarações enviadas à Lusa.

"A literatura não nos permite conceber ilhas, queremos saber como o nosso texto dialoga com outros lugares e gentes", explicou o escritor, que venceu a primeira edição do prémio da FLAD, com a obra "Rabhia".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)