Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

"A Morte de Danton" abre direção artística de Nuno Cardoso no Teatro São João

Lusa 17 de Setembro de 2019 às 14:36

A peça "A Morte de Danton", de Georg Büchner, estreia-se na quarta-feira, no Teatro Nacional São João (TNSJ), no Porto, numa produção própria, constituindo a primeira encenação de Nuno Cardoso como novo diretor artístico.

A partir de quarta-feira e até 29 de setembro, "A Morte de Danton" conta com Albano Jerónimo à frente de um elenco que vai dar vida à peça do dramaturgo alemão, a primeira do autor, terminada em 1835, mas estreada apenas em 1903, por causa da sua abordagem da Revolução Francesa, em particular do Reinado de Terror, e do modo como o fez, numa versão pioneira do chamado "teatro documental".

A peça recupera registos históricos para contar a história de Georges Danton (1754-1794), um dos líderes revolucionários, promotores do Comité de Salvação Pública, que viria a tornar-se no núcleo da política de terror. Perante essa evidência, Danton põe em causa o abuso de poder exercido pelos seus correligionários, nomeadamente Robespierre, o que o conduz a tribunal revolucionário e à morte por guilhotina.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)