“A verdade é que não há folga orçamental”, afirma Centeno

Governo socialista isolado na revisão em baixa da meta do défice. Esquerda quer investir folga. Direita quer menos impostos.
Por Bruno de Castro Ferreira|25.04.18
  • partilhe
  • 29
  • 0
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
O Governo esteve esta terça-feira isolado, no Parlamento, na defesa do Programa de Estabilidade exigido por Bruxelas. Mário Centeno quer usar a folga de 800 milhões de euros com os pagamentos de juros para baixar a meta do défice dos 1,1% inicialmente previstos para 0,7%. A direita quer uma baixa de impostos. A esquerda quer investir ...
Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouClique para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje.
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica (0.60€ + IVA). Se já tem código, insira-o.
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!