Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Abdullah Abdullah aceita negociar com comissão eleitoral

Na quarta-feira, Abdullah Abdullah pediu a suspensão da contagem dos votos e anunciou que boicotaria a IEC, depois de acusar Amarkhail e o governo do presidente cessante Hamid Karzai de terem organizado fraudes a favor de Ghani.

23 de Junho de 2014 às 15:10

O candidato à presidência afegã Abdullah Abdullah aceitou hoje terminar o boicote à comissão eleitoral e negociar, depois do anúncio da demissão de um responsável do organismo que acusava de fraudes.

"A porta está agora aberta para negociações com a comissão para ajudar o processo eleitoral", declarou à imprensa Abdullah, que venceu a primeira volta das presidenciais e denunciou fraudes a favor do seu rival Ashraf Ghani na segunda volta, cujos resultados ainda não foram anunciados.

Pouco antes, Zia-ul-Haq Amarkhail, um alto responsável da comissão eleitoral independente (IEC) posta em causa nos últimos dias por Abdullah, tinha anunciado a sua demissão, embora negue as acusações que lhe foram feitas.

Abdullah Abdullah aceita negociar comissão eleitoral afeganistão
Ver comentários