Aberto inquérito à morte de funcionária devido a derrocada na Calheta

Vítima tinha 23 anos.
Por Lusa|18.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +

O presidente da Comarca da Madeira, Paulo Barreto, disse esta segunda-feira à Lusa que já foi aberto um inquérito sobre a derrocada de sábado na Calheta, que provocou a morte de uma funcionária de um restaurante.

Paulo Barreto referiu que o expediente (documentação) relacionado com o caso já deu entrada no Ministério Público na Tribunal da Ponta do Sol (com competência na área geográfica em causa), sublinhando que é "obrigatória a abertura de um inquérito em caso de morte".

No sábado, na sequência de uma derrocada na marginal da Calheta, uma mulher com 23 anos, funcionário de um restaurante, ficou soterrada, pelas 13h15.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!